terça-feira, 4 de outubro de 2016

Mauro Candemil: a realização de um sonho

Mauro Vargas Candemil realizou um sonho de muitos anos. Pode-se dizer de uma vida toda: tornar-se prefeito da Laguna, terra que o viu nascer em 15 de agosto de 1944, primogênito da dª Zulma e do seu Sadi Candemil. Juntamente com o caçula Mauri, foram moradores da Travessa Manoel Pinho, d'trás do Clube Congresso, no centro histórico, não tem?

Tenho em meus arquivos, exemplares de jornais da década de 70 (há mais de 40 anos!) onde, recém-formado em engenharia pela UFSC, seu nome já aparece em listas de prefeituráveis por nossa cidade, pelo então MDB, ainda no antigo e forçado bipartidarismo criado pelo regime militar.

Acalentou sempre esse desejo em conversas com familiares e amigos. Premido pelos estudos e afazeres profissionais (aliás, tal qual a muitos de nós), exerceu suas funções em outras localidades, Florianópolis em sua maior parte. 
Mas ao contrário de alguns poucos lagunenses, nunca esqueceu Laguna. Aqui tinha residência, aqui votava, aqui tinha amigos e familiares. Para cá se dirigia, sempre que podia. Nunca perdeu sua referência.

Aqui participou de manifestações culturais, esportivas, sociais, carnavalescas, religiosas e políticas, acompanhando atentamente o desenrolar dos acontecimentos, o dia a dia da Laguna.

Por duas vezes, em 1990 e 1994, foi candidato a deputado estadual. Lembro-me bem de suas reuniões e jantares fraternais realizados na capital do estado, congregando lagunenses que lá moravam em busca da união por um objetivo maior. O saudoso Jacques Calil Bulos era um dos mais entusiastas na aglutinação do pessoal em torno do Mauro e de seus ideais.

Ficando na suplência, assumiu o cargo de deputado por rápidas duas vezes, período onde pode reivindicar por sua (e nossa) amada Laguna. Foi de sua autoria, por exemplo, o pedido para criação de um curso superior de Engenharia de Pesca em nossa cidade. Eis o embrião da futura Udesc que instalada há poucos anos, com dois cursos e outros que virão, tantos benefícios traz para Laguna.

Candemil trabalhou na Sul Americana de Engenharia – Sade, na Luminar, Santa Rita e foi diretor de Distribuição da Celesc.
Foi candidato a prefeito da Laguna em duas ocasiões. Em 1996 e 2008.
Coordenador de campanhas, do ex-prefeito Nelson Abrahão Neto (1989-1992), do ex-governador Luiz Henrique da Silveira e do vice-governador Eduardo Pinho Moreira. Foi também duas vezes secretário da 19ª secretaria Regional.

Na presidência por três vezes do Lagoa Iate Clube (LIC) e também de seu conselho deliberativo, mostrou seu dinamismo e capacidade, reunindo nomes importantes para trabalhar na diretoria daquela tradicional sociedade florianopolitana. Deixou seu legado.

Na Laguna, sua paixão e atuação nos esportes e carnaval já vêm de longe e são conhecidas de todos. Da sua participação na juventude como componente do Cordão Carnavalesco Bola Branca, de tantas lembranças, às memoráveis partidas de futsal através do time Candemil na quadra do Ginásio de Esportes Bertholdo Werner.

Em 1979 começou a participar, como carnavalesco e compositor, de sua Escola de Samba de coração, a Vila Isabel. Foi a melhor fase da azul, branco e vermelho. Muitos de seus sambas de enredo, musicalmente interpretados por Helinho da Vila, são cantados até hoje. "Quem diria..." e "Quem viu, viu, quem não viu, verá...", são exemplos de sucessos.
Basta dizer que a Escola do Morro da Nalha sagrou-se naqueles anos (1979 a 1983) cinco vezes campeã consecutiva. O igualmente saudoso Zaverio Eghert também estava lá na equipe, entre tantos outros nomes de famílias carnavalescas, como Primitivo, Santos, Souza (Catarina), Fernandes e Rosa.
Mauro Candemil é casado com Elys Schneider Westphal, advogada.

Pois bem. Feito esse rápido resumo, rabiscadas essas informações, relembrada essas memórias, concluo este texto. 

As eleições de 2 de outubro de 2016 passaram e já entraram para os registros da história.
Mauro Candemil e seu vice Júlio Willemann receberam 10.250 votos dos eleitores lagunenses e a partir de 1º de janeiro de 2017 e pelos próximos quatros anos, estarão à frente no comando da administração de nosso tricentenário município.

Senhores, a nossa Laguna tem pressa! Em algum momento do passado político ela se perdeu na curva e ficou para trás em vários aspectos. Sorumbática em diversas áreas, perdida e abandonada em vitais setores de seu desenvolvimento socioeconômico, como tristemente somos sabedores. 

Portanto, há muito que se fazer pelo soerguimento de nosso município, reconduzindo-o ao seu lugar de destaque no cenário regional e estadual. Há que se ter fé em nosso povo, com muito esforço, ideias, dedicação e realizações, honrando um passado feito de glórias e heroísmos. 

Mãos à obra, muito trabalho e sucesso!

7 comentários:

  1. Caro Valmir, parabéns pelo texto. Que esses homens de bem resgatem Laguna para os caminhos não só da história. Mas do progresso, do empreendedorismo, da probidade, da dignidade, da honestidade, do bem querer da coisa pública, do crescimento, da publicidade, da transparência! Boa sorte aos eleitos!Rodrigo Fernandes Pereira

    ResponderExcluir
  2. Parabéns, Mauro! Que tenhas sucesso na administração desta terra tão querida!

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pelo texto. Revela a esperança em novos tempos.E hora de a população der solidária e dar todo o apoio necessário ao novo comandante dos destinos de Laguna. É hora de recuperação e reconstrução.

    ResponderExcluir
  4. O currículo desse candidato como homem e cidadão e tendo sua provação acredito que a cidade de Laguna ganhou um presente de Prefeito Parabéns.

    ResponderExcluir
  5. Parabens pelo belo e informativo texto, Valmir. Mauro sempre quis fazer mais e melhor para Laguna. Finalmente está tendo sua chance. E nós, lagunenses apaixonados, só podemos torcer para que sua gestão esteja à altura dos seus sonhos!

    ResponderExcluir
  6. Pela primeira vez tive o prazer de ler o histórico, tão bem escrito e narrado, de nosso Prefeito eleito Mauro Candemil.
    Lembro-me muito bem das eleições de 2008. Nessa época, Mauro também fez uma campanha linda, alegre, dinâmica, coerente e justa. Era o vencedor. Merecia ser o vencedor a Vitória era certa. Tanto que seus amigos e correligionários já estávamos aguardando para a comemoracao da vitoria. No último monento da apuração o adversário passou à frente. Ali teve início o congelamebto do desenvolvimento de Laguna. Ainda não seria dessa vez que Mauro escreveria um lindo enredo de sucesso para sua terra.
    Mas seus sonhos não desmoronaram.Ainda seria Prefeito da terra que o viu nascer e escreveria, para ela, imã linda história, na trajetória do desenvolvimento tão sonhado por todos nós. E,finalmente, esse sonho se concretizou em 2016. Mauro nós te amamos e em ti depositamos nossa confiança. Toma Laguna sob teu comando e faça com que ela ocupe o seu lugar na trilha do crescimento tão almejado por todos nós LAGUNENSES.Saúde e muito sucesso pois o teu sonho será o nosso sonho. Estamos contigo.

    ResponderExcluir
  7. Valmir, de esperança o povo lagunense sempre se encheu a cada tentativa do senhor Candemil se eleger Prefeito de nossa querida Laguna. Como disseste, Laguna que a fizeram se perder na curva da história. Espero e rogo à Deus que o senhor Candemil e o Julio possam fazer por Laguna tudo que não foi feito pelos últimos "administradores", sem se deixarem levar pelos conluios exdrúxulos que alguns políticos e empresários sempre tentam impor aos governantes. Viva nossa Laguna. Alberto Pizzolatti Remor

    ResponderExcluir