quarta-feira, 31 de maio de 2017

Quem foi Cândido Lucas Gaffrée

Filho de Antônio Gaffrée e Maria das Dores Lucas, nasceu em Bagé (RS), em 12 de fevereiro de 1886.
 Cândido Gaffrée.
Sobrinho e afilhado de Candido Gaffrée, empresário, industrialista. Um dos sócios da Companhia Docas de Santos, empresa responsável pela construção do Porto de Santos. Seu tio era sócio dos Guinle, donos das docas de Santos e de um império econômico no fim do séc. XIX e início do XX.

Cândido Lucas Gaffrée, era engenheiro de Portos, Rios e Vias Navegáveis, funcionário do Departamento Nacional de Portos e Navegação do Ministério da Viação.
Estudou engenharia no Rio de Janeiro, morando no palacete (que existe até hoje naquela cidade) de seu tio e padrinho o Velho Cândido Gaffrée.

O engenheiro Gaffrée, chegou em nossa cidade em outubro de 1916 pelo vapor Max, para chefiar as obras de construção e melhoria dos molhes e porto da Laguna. Assumia no lugar de Polydoro Olavo de Santhiago, que havia falecido.
Desde o início dos trabalhos defendeu os investimentos do governo federal nas obras do porto da Laguna. Com isso, levantou bandeira em favor da nossa cidade, contra o porto de Imbituba, particular e de propriedade do industrial Henrique Lage. Sobre Imbituba dizia que o porto estava sendo construído clandestinamente, sem fiscalização do Departamento.

Colaborou com artigos para o jornal O Albor, sendo muito querido em nosso meio social, juntamente com sua esposa Aracy Pereira Alvim Gaffrée, dedicada benemérita de entidades beneficentes, como por exemplo a Caixa Escolar do Grupo Jerônimo Coelho. O casal teve seis filhos: Antônio Augusto Alvim Gaffrée, Henrique Mário (falecido em tenra idade), Cândido Gil Alvim Gaffrée, Lígia Alice Alvim Gaffrée, Gilda Elisa Alvim Gaffrée e Yo-Dori Alvim Gaffrée.

Em 1917 requereu à Municipalidade as terras onde construiu sua propriedade, na subida (ou descida) do morro, já no Mar Grosso.
Casarão construído pelo engenheiro Gaffrée para sua moradia, no Mar Grosso e vendido posteriormente à família Mussi. Pintura: arquivo família Mussi.
Publicou o trabalho “Estudo e projeto do porto de Laguna”. In: Ministério da Viação e Obras Públicas. Relatório da Inspetoria Federal de Portos, Rios e Canais dos serviços relativos ao ano de 1922. Rio de Janeiro: Imprensa Nacional, 1924.
Com o retorno do engenheiro ao Rio de Janeiro em 1925 e seu falecimento naquela cidade em 11 de outubro de 1940, o casarão que construiu na Laguna foi vendido à família Mussi. Está sendo restaurado por herdeiros da família Daux-Mussi. A esposa Araci faleceu também no Rio de Janeiro, em 4 de setembro de 1950.
Cândido Lucas Gaffrée, pelo seu trabalho e luta em prol do porto da Laguna, foi homenageado mais tarde com nome de rua em nossa cidade, no bairro Mar Grosso, na administração (De 1/03/1936 a 2/01/1948) do prefeito Giocondo Tasso.

“Amigo de seus amigos, sem ser inimigo de seus inimigos”.
Antônio Guimarães Cabral, o Chico Tostão, foi superintendente (prefeito) municipal da Laguna e tornou-se grande amigo de Gaffrée. Numa carta-aberta publicada no jornal O Albor, quando do falecimento de Gaffrée, assim se manifestou em 13 de outubro de 1940:

"Expirou um ilustre engenheiro. Expirou um amigo da Laguna. O dr. Gaffrée foi um bom.
Todos que o conheceram podem atestar esta verdade. Aprimorada educação, coração boníssimo, sempre aberto para a prática do bem.
Amigo de seus amigos, sem ser inimigo de seus inimigos. Tinha prazer em ser útil. Muitas das vezes podendo se prejudicar, era útil pela grandeza de seu coração".

E mais adiante:
"Foi grande amigo da Laguna, dedicando-lhe grande trabalho mental em prol de sua barra. Defendeu sempre com ardor a causa portuária lagunense".
Ao final do texto, Antônio Guimarães Cabral informa que havia escrito uma carta ao prefeito da Laguna Giocondo Tasso, apelando para que o mesmo desse o nome do engenheiro Graffée a uma avenida do Mar Grosso, o que de fato aconteceu:
"Estou certo que o sr. prefeito aceitará a minha lembrança. Com isso praticará um ato, simpático e justo", finaliza Cabral.

PS: Pois neste mês de maio de 2017, injustamente rasgaram a homenagem feita, veja só leitor, há quase 80 anos!, ao engenheiro Cândido Lucas Gaffrée que agora deixou de ser nome de rua em nossa cidade, por conta de projeto de lei apresentado e aprovado pelos vereadores e sancionado pelo prefeito Mauro Candemil. 
Nada contra a homenagem, muito pelo contrário, acho justa, perfeita e de grande merecimento a que foi efetuada. Penso somente que não se deveria é alterar nomes de ruas já consagradas e que, em algum momento do passado, homenageou outras personalidades.

Trocar nomes de ruas é riscar a nossa história e apagar a memória da Laguna

Não é de hoje, a péssima mania já vem de alguns anos. Vez ou outra a Câmara de Vereadores da Laguna, com o sancionamento posterior do chefe do Executivo, apresenta e aprova alterações de nomes de logradouros públicos de nossa cidade, visando homenagear personalidades recentemente falecidas. Nada contra as homenagens, não entro nesse mérito.

Só acho que as homenagens deveriam ser a novos logradouros, ainda "virgens" de nomes ou meramente projetados.
 Alterar nomenclaturas de logradouros já consagrados pelos anos e pela população é um erro grave que se comete, além de enormes transtornos que causam aos cartórios de registros e aos correios.

Ao fazê-lo, riscam nomes de nossa história, apagam lembranças de nossos antepassados que em algum momento, pelos seus trabalhos e exemplos, serviram à Laguna e sua população e bem por isso foram outrora homenageados.

Troca-troca de nomes de ruas

Ainda no último dia 9, quando das comemorações da instalação da Comarca da Laguna, os vereadores de nossa cidade, por unanimidade, aprovaram dois projetos de lei apresentados pelo vereador Cleosmar Fernandes (PMDB), presidente do Legislativo, alterando nomes de logradouros públicos.
Os projetos já foram sancionados como Leis Ordinárias pelo prefeito Mauro Candemil:

Lei Ordinária nº 1.913/17, de 10 de maio de 2017.
- Passa a denominar-se Avenida Desembargador Norberto Ulysséa Ungaretti, a Estrada Geral da Barbacena, que se inicia no Bairro Portinho, margem com a Rodovia SC-436, e segue em direção a Barbacena no sentido Norte, onde se encontra com a BR-101.

Lei Ordinária nº 1.914/17, de 9 de maio de 2017.
- Passa a denominar-se Rua Juiz Erwin Rubi Peressoni Teixeira, a Rua Engenheiro Cândido Lucas Gaffrée, no bairro Mar Grosso, que tem seu início na Rua Abelardo Calil Bulos e seu término na Rua Dr. Aurélio Rótolo.

Duas personalidades lagunenses, Dr. Norberto e Dr. Erwin, que merecem as nossas homenagens, sem dúvida alguma.
Bem por isso, publico nos próximos dias a biografia de cada um deles.

***
Trocar nomes de logradouros é apagar o passado
Só lamento, sinceramente, a mania de vereadores trocarem nomes de ruas, apagando com isso nossa memória e passado e desmerecendo personagens que foram homenageadas em algum momento de nossa história, como foi este caso da troca do nome da extensa rua Engenheiro Gaffrée por Erwin Rubi Peressoni Teixeira, no Mar Grosso. Nada contra a homenagem, muito pelo contrário, acho do maior merecimento. Mas trocar nomes demonstra desconhecimento de nossos antigos vultos, além de uma tremenda injustiça.

Soube que primeiramente pensou-se até em trocar o nome da rua Arcângelo Bianchini, no centro. Logo ele que ainda possui descendentes em nossa cidade, foi atuante industrial com seus galpões situados nos terrenos da hoje Rodoviária e construiu, entre outros, o extenso cais em forma de elipse, em 1910, o prédio do então Grupo Escolar Jerônimo Coelho e a murada do cemitério da Irmandade. É, sinceramente, desconhecer a nossa história.

Que se homenageie sim, mas ruas, avenidas e praças ainda "virgens", projetadas ou com denominações genéricas, tipo “estrada geral”.

Trocar nomes é desmerecer antepassados e de quem os homenageou à época dos fatos.

Quebrando tradições

·        Missa das crianças da Festa de Santo Antônio dos Anjos, que tradicionalmente sempre foi realizada a partir das 9h30m do domingo, neste ano, conforme programação terá seu início no período vespertino, a partir das 15 horas.

·        Devido aos chamados canteiros pluviais instalados na Praça República Juliana (de Anita), que inviabilizou o local, inclusive para confecção dos tradicionais tapetes de Corpus Christi, soube que a Procissão de Santo Antônio dos Anjos fará um trajeto maior.
Ao final da rua Voluntário Fermiano, dobrará para direita, pela Pinto Bandeira, fazendo a volta pela Jacinto Tasso e adentrando a Praça Jerônimo Coelho (Largo do Rosário) em direção a Raulino Horn.

O excesso de canteiros na Praça é um perigo para os pedestres.

Associação Mamãe Bebê doa mesa de parto à maternidade do Hospital da Laguna

Na semana que passou, as voluntárias da Associação Mamãe Bebê doaram à Maternidade do Hospital da Laguna uma moderna mesa de parto, no valor de R$ 20.100,00, em substituição à mesa anterior que tinha mais de 30 anos.

A direção do Hospital de Caridade Senhor Bom Jesus dos Passos agradeceu as voluntárias por este equipamento que trouxe mais conforto e segurança para mães, bebês e profissionais do setor.
Daqui deste espaço os parabéns a todas elas.

Falecimento+

Sepultado em nossa cidade no último sábado (27), José Cabral da Fonseca, aos 92 anos, funcionário aposentado do Fórum da nossa Comarca, onde foi escrivão do Civil e do Comércio. Deixa a esposa Miriam Nazareth (Baião) Fonseca, os filhos Paulo e Eveline e as netas Flávia e Elise.
Sentimentos aos amigos e familiares.

Tal e qual

Tem político na Laguna que é tal e qual a carro de funerária.
Só leva.

De volta

“Nossa arma maior é a palavra (quero usá-la até o fim), mas há momentos em que o nojo é muito forte. Mas é preciso continuar”.
(Emanuel Medeiros Vieira)

sexta-feira, 5 de maio de 2017

Programação da 341º Festa de Santo Antônio dos Anjos da Laguna

No final do mês de maio ocorre o início da tradicional festa em honra ao padroeiro da Laguna, Santo Antônio dos Anjos. Em 2017, o evento chega a sua 341º edição.

Uma carreata pela cidade anunciará as festividades. As tradicionais trezenas com cânticos em latim começam dia 1º de junho, com distribuição dos pãezinhos de Santo Antônio e participação do coral Santo Antônio.

A transladação ocorre no dia 10 de junho, saindo do bairro Progresso até a Matriz, a partir das 19h.

O centro cultural será o palco de shows de artistas locais, gastronomia e atrações diversas, aberto diariamente a partir das 19h30min. Uma exposição de telas irá retratar o patrimônio cultural da Laguna.

No dia 8 de junho, o público poderá conferir show com o padre Avelino Souza, conhecido na região pelo seu jeito peculiar, ele leva a palavra de Deus através de suas homilias e cânticos acompanhados por Irineu Calegari. A apresentação está prevista para 21h.

Programação 

Dia 31/05 – quarta-feira
22h – Serenata dos festeiros em carreata com a imagem de Santo Antônio dos Anjos. Saída: Igreja Matriz, percorrendo as ruas do centro e dos bairros da cidade.

01/06 – quinta-feira
19h30min – Trezena de Santo Antônio dos Anjos.
Orador: Padre Marcos Herdt.
Participantes: Festeiros 2016 e comunidade do bairro Progresso.
21h – Palco interno: Show acústico com Marquinhos do Juízo Final.
21h – Palco externo: Gravação do Programa Canta Viola Sul – TV Unisul.

02/06 – sexta-feira
17h – Adoração com o Apostolado da Oração
18h h- Santa Missa
19h30min- Trezena de Santo Antônio dos Anjos.
Orador: Padre Rodrigo José da Silva
Participantes: comunidade do bairro Portinho, Capitania dos Portos, Polícia Militar, Polícía Civil e Polícia Ambiental.
21h – Palco interno: Noite sertanejo universitário com Diego Resende e Banda.
21h30min – Palco externo: show com banda Juízo Final.

03/06 – sábado 
18h – Santa Missa
19h30min – Trezena de Santo Antônio dos Anjos.
Orador: Padre Lino Brunel. Participantes: comunidade do bairro Mar Grosso, devotos da cidade de Braço do Norte, Associação Empresarial da Laguna (Acil) e Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL)
21h – Palco interno: Noite dançante com Pombo e seus teclados.
22h – Palco externo: Show sertanejo universitário com Murilo & Gustavo.

04/06 – domingo
09h30min – Santa missa com batizados
18h30min – Santa missa
19h30min – Trezena de Santo Antônio dos Anjos.
Orador: Padre Ademir Eing.
Participantes: comunidade do bairro Barranceira, devotos da cidade de São Ludgero e das paróquias Nossa Senhora dos Navegantes (Magalhães) e São Pedro Apóstolo (Cabeçuda)
21h – Palco interno: show acústico com Kevin Souza
21h – Palco externo: Recital com coral Santo Antônio dos Anjos.

05/06 – segunda-feira
19h30min – Trezena de Santo Antônio dos Anjos.
Orador: Padre Pedro José Damázio, com participação da Conferência Vicentina, Pastoral da Pesca, Irmãs da Congregação da Divina Providência, Irmãs do Asilo Santa Isabel e Irmãos Carmelitas da Divina Misericórdia.
21h – exposição de telas retratando o patrimônio material e imaterial de Laguna
21h – festival de dança com Espaço Fitness Move, Academia Flexion, Studio Voga e Expressart Company.

06/06 – terça-feira
06h30min – Missa de Santo Antônio
18h – Missa de Santo Antônio
19h30min – Trezena de Santo Antônio dos Anjos.
Orador: Padre Nilvado Ceron. Participantes: comunidade do bairro Perrixil e Praia do Sol, coroinhas, catequistas e ministros extraordinários.
21h – Palco interno: exposição de telas retratando o patrimônio material e imaterial da Laguna
21h – Palco externo: apresentação artística e cultural do Sesc.

07/06 – quarta-feira
15h – Missa da Saúde
19h30min – Trezena de Santo Antônio dos Anjos.
Orador: Padre Carlos Henrique Fernandes. Participantes: comunidade do bairro Bentos, Lions Clube, Rotary Clube da Laguna, Rotary Clube República Juliana, Pastoral Afro e Associação Mamãe Bebê.
21h – Palco interno: exposição de telas retratando o patrimônio material e imaterial da Laguna
21h – Palco externo: Noite musical com alunos do Sesc – Coral Infanto-Juvenil e banda marcial da Fundação Bradesco.

08/06 – quinta-feira 
19h30min – Trezena de Santo Antônio dos Anjos.
Orador: Padre Auricélio Costa. Participantes: comunidades dos bairros Estreito e Nova Fazenda, Damas de Caridade, Rede Feminina de Combate ao Câncer, Casa da Amizade e Terço dos Homens das paróquias da Laguna.
21h – Palco interno: Show acústico com Diego Resende
21h – Palco externo: Show com padre Avelino e Irineu Calegari.

09/06 – sexta-feira
19h30min – Trezena de Santo Antônio dos Anjos.
Orador: Padre Eduardo Fernandes da Rocha. Participantes: comunidade de Barbacena, OAB, prefeitura da Laguna, Câmara de Vereadores, Hospital Senhor Bom Jesus dos Passos, Pastoral dos Enfermos, SAMU, Pastoral da Saúde e Corpo de Bombeiros.
21h – Palco interno: Noite dançante com Edson & Banda
21h30min – Palco externo: Show com Top Banda.

10/06 – sábado 
17h – Saída da imagem de Santo Antônio da igreja matriz para a igreja Nossa Senhora Auxiliadora (bairro Progresso)
18h – Santa missa na igreja Nossa Senhora Auxiliadora (bairro Progresso)
19h – Transladação da imagem de Santo Antônio dos Anjos saindo da igreja Nossa Senhora Auxiliadora (bairro Progresso), com participação das bandas Carlos Gomes e União dos Artistas, espetáculo do coral “Laguna em uma só voz”.
Na chegada da imagem na igreja Santo Antônio terá show pirotécnico.
Trezena com o padre Lenoir Steiner e o vice-governador Eduardo Moreira.
22h – Palco interno: Noite dançante com Pombo e seus teclados.
22h – Palco externo: Show com a banda Mais de 40 e grupo Tentação.

11/06 – domingo
9h30min – Santa Missa
12h – Tradicional almoço no Centro Cultural Santo Antônio dos Anjos
15h – Missa das Crianças
16h30min – Procissão com a imagem de Santo Antônio dos Anjos pelas ruas do centro histórico, com a participação das bandas Carlos Gomes e União dos Artistas. Em seguida, santa missa.
19h30min – Trezena de Santo Antônio dos Anjos.
Orador: Padre Pedro de Biasi. Participantes: comunidade da Cohab e Movimento de Irmãos das paróquias da Laguna.
21h – Palco interno: Show acústico com Marquinhos (Juízo Final)
21h – Palco externo: Concerto com Sociedade Musical União dos Artistas.

12/06 – segunda-feira 
19h30min – Trezena de Santo Antônio dos Anjos.
Orador: Padre Elias Della Giustina. Participantes: comunidade do loteamento Juliana, devotos da cidade de Urussanga,  professores e casais de namorados e grupos de jovens.
21h – Palco interno: Noite dançante com Edson&Banda
21h – Palco externo: Grandioso bingo de Santo Antônio
22h – Palco externo: Show com a banda Juízo Final.

13/06 – terça-feira
10h – Missa solene em louvor ao santo padroeiro presidida pelo bispo Dom João Francisco. Posse dos novos membros da Irmandade de Santíssimo Sacramento e Santo Antônio.
12h – almoço festivo
15h – procissão motorizada com saída da igreja matriz Santo Antônio, percorrendo as ruas do centro histórico e dos bairros. Na chegada benção dos veículos.
18h – Santa missa
19h30min – Trezena de Santo Antônio dos Anjos.
Orador: Padre Itamar Faísca Nunes. Participantes: RCC da Laguna, Missionários da Mãe Peregrina, Oficina de Oração, Movimento Nascer de Novo, Congregação Mariana, Pastoral da Criança, CAEP, Liturgia e Canto.
Nominata dos festeiros 2018.
21h – Palco interno: Show acústico com Tchaca.
22h – Palco externo: Concerto de encerramento com a banda Carlos Gomes.

quinta-feira, 4 de maio de 2017

1ª suplente do PMDB assume cadeira no Legislativo lagunense

A 1ª suplente do PMDB na Câmara de vereadores, Nádia Tasso Lima,tomou posse na tarde desta quinta-feira (4), no Legislativo lagunense. 
 Assume no lugar do vereador Antônio Laureano (PMDB) que se licenciou do cargo, por tempo indeterminado, para assumir como titular da Secretaria Municipal de Pesca e Agricultura..
O presidente da Câmara, Cleosmar Fernandes, deu posse à suplente durante ato que ocorreu no gabinete da presidência.

Participaram da posse, os vereadores Rodrigo Moraes (PR), Antonio Laureano (PMDB),  e Peterson Crippa (PP), além de amigos e familiares da vereadora.
Nádia obteve 409 votos na eleição de 2016, surpreendendo o mundo político da cidade.
 A vereadora já participará da Sessão Ordinária, segunda-feira da próxima semana.

Sua candidatura teve como base o amor e o respeito à vida, em especial àqueles mais necessitados, priorizando questões básicas: saúde, educação, infraestrutura, meio-ambiente e qualidade de vida.

Uma de suas maiores plataformas, e que alavancou muitos votos em sua campanha, foi o cuidado com os animais e a proposta para que se reduza ou mesmo desapareça a população de animais abandonados que povoam nossas ruas.
Introduzir o projeto "Castração por saturação" que prevê que, em  se castrando cerca de 80% da população de fêmeas, em breve período esta população desaparecerá, foi outra das propostas.

quarta-feira, 3 de maio de 2017

10ª Feira Catarinense do Livro homenageia lagunense

Nesta quarta-feira (3), às 9h30, no Largo da Alfândega, em Florianópolis, acontece a solenidade de abertura oficial da 10ª Feira Catarinense do Livro, e que tem como patrono o professor lagunense Mauricio Fernandes Pereira, ex-presidente do Conselho Estadual de Educação e atual secretário municipal de Educação da capital.
A Feira irá até o dia 13 deste mês, funcionando das 9 às 20h

Estreia “Laguna em debate”, com Onildo Corrêa, na Rádio Vitória

Estreia hoje na Rádio Vitória FM 87,9, o programa LAGUNA EM DEBATE, apresentado por Onildo Corrêa, das 12 às 14 horas.
Para ouvir pela internet e baixar o aplicativo basta clicar aqui
O telefone da Rádio é (48) 3647-2761
Sucesso.

terça-feira, 2 de maio de 2017

Encontro de ex-alunos do Ceal

Nos dias 10 e 11 de junho próximos, acontece mais um encontro de ex-alunos do Ceal.
Será realizado no Imbituba Atlético Clube, em Imbituba, com exposição de carros antigos, desfile anos 70, jantar por adesão, homenagem aos 50 anos da Banda The Claytons  e Baile retrô com a Banda Caluano, de Concórdia-SC.
Presença pode ser confirmada na página do Facebook dos ex-alunos do Ceal, com ingressos podendo ser adquiridos na Papelaria Laguna (do Cid), na Praça República Juliana.
Não percam! Será mais uma vez um grande sucesso!