segunda-feira, 29 de abril de 2019

Os parabéns a Edésio Joaquim

O amigo Edésio Joaquim aniversaria nesta segunda-feira (29) seus 72 anos de vida.
Comemoração foi ontem à noite, com um jantar no Restaurante e Pizzaria Chedão para familiares e amigos. Convidados, lá estivemos para dar um grande abraço ao aniversariante Edésio, sempre verdadeiro em suas opiniões, dotado de um coração boníssimo e, bem por isso, sempre rodeado de amigos que lhe querem bem.
A seu pedido, os presentes foram em forma de produtos (gêneros alimentícios) a serem distribuídos à entidades filantrópicas de nossa cidade. Eis mais um gesto que faz diferença e que bem demonstra o grande ser humano que ele é.
Alguns registros:


















quarta-feira, 24 de abril de 2019

A Fonte da Carioca da Laguna

Laguna tem um centro histórico tombado pelo patrimônio histórico nacional em 1985, com cerca de 600 prédios registrados com diferentes tendências arquitetônicas. Os casarios estão espalhados pelas tricentenárias ruas. Edificações construídas a partir do século XVIII.
Com seus 343 anos, Laguna é um livro de histórias a céu aberto. E essas histórias podem ser encontradas nos vários pontos turísticos da cidade. Grande parte pode ser conhecida a pé, desfrutando das belezas e cultura da cidade. É o caso da Fonte da Carioca.
Carioca na língua tupi-guarani significa casa branca ou oca.
É uma fonte d’água das mais antigas, já utilizada pelos povos indígenas e posteriormente pelos fundadores da povoação, Domingos de Brito Peixoto e seus filhos Francisco de Brito Peixoto e Sebastião de Brito Guerra, quando aqui chegaram em 1676. Aliás, água doce abundante foi um dos grandes motivos pela escolha desta região para seu povoamento.
´Foto: Elvis Palma
Tombamentos
A edificação da Carioca em arquitetura portuguesa, construída por escravos em 1863, foi ampliada em 1906 e restaurada em 1990. Em 2010 foi revitalizada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - Iphan.
Em 1977, a Carioca, juntamente com outros prédios de valor artístico, cultural, histórico e paisagístico da Laguna, foi tombada pela Lei Municipal nº 34/77, de 03/11/77, assinada pelo prefeito Mário José Remor.
Em 1985, o prédio da Carioca e seu entorno, foi incluído na linha poligonal que tombou pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional cerca de 600 edificações do Centro da cidade.
A Fonte da Carioca em 1910; Arquivo Marega.
Em novembro de 2018, a Carioca foi fechada por alguns dias para manutenção, uma forma preventiva para continuar oferecendo água de graça ao povo.
No dia a dia é cena comum pessoas com seus vasilhames carregando o precioso líquido.
Os aguadeiros e suas carroças-pipas. Arquivo Marega.
Há algumas décadas, carroceiros (os aguadeiros) conduziam suas carroças-pipas e entregavam o líquido em domicílios, de porta em porta.

A Carioca fornece à população e aos turistas em geral, água mineral. A nascente, no alto do morro, é protegida e seus tanques, revestidos de mármore carrara, deixam a água fresca, gelada e saborosa.
Uma instalação hidráulica com motor liga a vertente da água subterrânea até as torneiras, passando por canos de inox.

A fonte produz perto de 2 milhões de litros de água potável mineral por mês, comprovada pelo Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM).

Em novembro de 2018, técnicos da Casan entregaram ao município, um laudo atestando a potabilidade da água da Carioca. Resultados dos exames mostraram que os números estão dentro do que preconiza a portaria nº 2.914, do Ministério da Saúde.

A água da fonte foi por muito tempo canalizada para prédios públicos e também para uma fonte ao lado do antigo Mercado Público. O excesso dessa água era utilizada por lavadeiras no córrego que descia pela rua Tenente Bessa, então um campo desabitado.

Com o passar dos anos e mais atualmente, a Carioca tornou-se um dos pontos turísticos da cidade, levando a fama de fonte dos namorados. O motivo são os encontros e as idas e vindas de famílias até o local, oportunidade para trocas de olhares e entabular as primeiras conversas.
Há um ditado que atravessa gerações que reza: quem bebe d’água da Carioca sempre retorna à Laguna.
O local é característico de mata atlântica, com variado tipos de faunas e floras, que moldam o ambiente.

Chafariz do Mercado Público
No lado Norte da cidade, bem ao lado do antigo Mercado Público. (inaugurado em 1897), existiu um pequeno chafariz, utilizado como bebedouro pela população, cujas águas também alimentavam as embarcações que atracavam no porto e para consumo do próprio Mercado. O líquido vinha (e vem) em declive da Fonte da Carioca, através de uma galeria subterrânea feita em pedras.
O chafariz no lado norte do Mercado, após seu incêndio em 1939, bem defronte à rua Tenente Bessa.
Ao fundo a Casa Brasil, de Zeferino Duarte.
O sempre citado Saul Ulysséa, em seu livro “Laguna de 1880”, na página 93, com o título “Aguada”, diz:


“Como não havia chafariz na praia (Rua da Praia, hoje rua Gustavo Richard) e para evitar despesas com carroças, a aguada para os navios era feita em pipas conduzidas pelos marinheiros; pipas pintadas de branco com arcos de cores vivas, principalmente encarnada, que eles enchiam na carioca e rolavam pelas ruas até os trapiches.
Já naquela época falavam na construção de um chafariz na praia, a fim de servir não somente aos navios, como as canoas e aos moradores das proximidades.
Falavam mas jamais os deputados por Laguna conseguiram da Assembleia Provincial o conto de réis, por quanto estava orçada a obra. Todo o dinheiro arrecadado era recolhido à Tesouraria em Desterro, seguindo para o Tesouro Geral.
A Assembleia Provincial não dispunha tão facilmente dos dinheiros públicos. Só foi construído o chafariz nos primeiros anos do governo republicano”.

Galeria subterrânea
Por conta das obras de instalação das tubulações de esgoto sanitário realizadas no ano de 2015 em nossa cidade, descobriu-se na confluência da rua Raulino Horn e Tenente Bessa, parte dessa galeria onde ainda escoam as águas excedentes da Carioca, infelizmente com ligações clandestinas de esgoto domiciliar ao longo de seus oitocentos metros.

A galeria subterrânea construída em pedra que vem da Carioca até o cais. Fotos: Elvis Palma
Com a declaração de Saul Ulysséa, a de que o chafariz ao lado do Mercado Público só foi construído “nos primeiros anos do governo republicano”, cai por terra a afirmação de alguns arqueólogos e “historiadores” por aí, de que a galeria subterrânea teria sido realizada por escravos.
A Abolição da Escravatura aconteceu em 1888; o primeiro Mercado Público da Laguna é de 1897, nove anos depois e oito após o advento da República (1889).
É razoável e aceitável que a galeria tenha sido construída concomitantemente (ou logo em seguida) ao Mercado e seu chafariz, logicamente visando atendê-los.
O mesmo Ulysséa em sua já mencionada obra, página 54, tópico "Largo da Carioca", escreve de suas lembranças da Laguna de 1880:

“Atravessava todo o largo, uma vala que servia de escoamento das águas do morro e das sobras do chafariz (Carioca).
Por toda a vala, muitas fontes de lavagem de roupas que eram estendidas no pasto ao lado. Grande parte do campo era tomada de guaxima”.

Vala não é galeria, convenhamos. A galeria, dizem os mais antigos, segue pela rua Tenente Bessa, mas faz uma leve curva passando nos terrenos dos então denominados Grupo Escolar Jerônimo Coelho (inaugurado em 1911) e o Posto de Saúde da Laguna, inaugurado em 1940.

segunda-feira, 15 de abril de 2019

Segue o Bazar no Hospital

Desde o último sábado (13) e entre os dias 16 a 18 e 22 a 26 de abril, das 13h30 às 17h, o Hospital de Caridade Senhor Bom Jesus dos Passos continua realizando seu bazar de venda de mercadorias doadas pela Receita Federal. O local é no prédio anexo ao hospital, ao lado da lanchonete.

O valor máximo de compras por pessoa é de R$ 900,00.
É obrigatória a apresentação de Carteira de Identidade e CPF. 
Estarão à disposição da comunidade, produtos como brinquedos, roupas, bolsas, perfumes, eletroeletrônicos, celulares e outros. 
Participe!

quinta-feira, 11 de abril de 2019

Perícias do INSS: perdemos para Capivari de Baixo

Em 29 de março deste ano, atendendo moção de apelo, a Gerência Executiva Regional do INSS, em Criciúma, enviou ofício à Câmara de vereadores da Laguna informando da interrupção nas perícias médicas na agência do órgão em nossa cidade a partir de 15 de abril próximo (segunda-feira). Perícias passariam a ser realizadas em Capivari de Baixo, cidade mais próxima. Se bem que mais próxima é Pescaria Brava. Mas deixa pra lá.

Cerca de 250 pessoas são atendidas mensalmente na agência da Laguna. Gente que vai deixar de circular e gastar no centro comercial, além dos transtornos e mais despesas com transporte que a mudança irá causar.
Enquanto se sucedem reuniões, cadeiras da agência da Laguna já foram transferidas.
 Foto: Elvis Palma

A partir do comunicado do INSS, houve mobilização de vereadores, OAB, Sindilojas, Acil, CDL  e prefeitura. 
Ontem, uma comissão dirigiu-se à gerência do INSS em Criciúma. Ao final da reunião, uma definição sobre o caso teria sido acordada. Pelo menos é o que foi divulgado em release distribuído à imprensa pela Câmara da Laguna e também informado pelo prefeito Mauro Candemil em vídeo gravado e divulgado pelo Portal Agora Laguna.

A informação divulgada pela comissão, foi a de que as perícias médicas continuariam a acontecer até 31 de agosto deste ano. Uma postergação de datas. Nesse meio tempo se buscaria negociações para trazer mais servidores para Laguna, contato com Iphan para readequar o prédio tombado às necessidades e até a doação de um terreno para construção do órgão, sinalizou o prefeito Candemil.

Uma ducha fria: "Decisão não foi reformada"
Pois bem. Ontem no final de tarde o INSS divulgou comunicado à imprensa afirmando que “a decisão não foi reformada”. Que o agendamento de perícias médicas estará fechado a partir do dia 15 de abril para à agência da Laguna. “A posição do INSS é de não postergar o inadiável”.

O INSS também afirma no comunicado “que a estrutura de Capivari de Baixo é muito mais adequada. As duas salas de perícia médica desta agência nunca foram utilizadas desde a sua inauguração. Assim, a medida tomada também promove uma melhor alocação de recursos públicos”.
O morador da Laguna, diz o INSS, também poderá escolher qualquer outro município do Brasil, ou vizinhos, como Tubarão e Imbituba, para agendar sua perícia.

Do jeito que a coisa vai, vamos voltar a ser uma mera Vila de Santo Antônio dos Anjos 
E agora? É uma vergonha para a Laguna a transferência. Uma cidade que aos poucos vai perdendo todos os serviços públicos estadual e federal, essenciais para sua população. Daqui a pouco viramos um mero bairro dos municípios vizinhos. Ou retornaremos à época de Vila. Vila de Santo Antônio dos Anjos da Laguna.


Confira abaixo, na íntegra, o comunicado do INSS:

Nota divulgada pelo INSS
A agenda de perícia médica já se encontra aberta para Capivari de Baixo a partir de segunda-feira (15). A decisão não foi reformada. De fato, a Gerência Executiva do INSS em Criciúma recebeu lideranças municipais, incluindo o prefeito de Laguna, Mauro Vargas Candemil, e representantes da OAB e da Câmara de Vereadores, para esclarecer dúvidas referentes à transferência do atendimento de perícia média. A posição do INSS é de não postergar o inadiável.

Todos os argumentos já foram colocados na nota divulgada à imprensa no último dia 5, mas reforçamos que a estrutura de Capivari de Baixo é muito mais adequada. As duas salas de perícia médica desta agência nunca foram utilizadas desde a sua inauguração. Assim, a medida tomada também promove uma melhor alocação de recursos públicos.

É importante ressaltar, ainda, que o morador em Laguna poderá escolher entre Capivari de Baixo, Tubarão e Imbituba para realizar sua perícia médica. E ele receberá o pagamento em sua cidade de residência. Na verdade, o segurado poderá realizar a perícia em qualquer município do estado e até mesmo do País. Os três citados são os mais próximos. Ele só não conseguirá agendar para Laguna, cuja agenda de perícia médica encontra-se fechada para datas a partir de 15 de abril.

Por fim, ressaltamos que não haverá qualquer alteração nos demais serviços e atendimentos oferecidos ao público na Agência da Previdência Social em Laguna, a qual é responsável pelo pagamento mensal de 19 mil benefícios. Deste total, mais de 90% são aposentadorias e pensões. Os auxílios-doença mantidos pela unidade somam 1,3 mil.

quarta-feira, 10 de abril de 2019

Prefeito quer outro empréstimo. Agora de R$ 8 milhões e 500 mil.

Além do projeto de lei pedindo um empréstimo de 10 milhões para construção do prédio da prefeitura, que foi rejeitado por unanimidade pelos vereadores na sessão da noite de ontem, o prefeito da Laguna quer outro empréstimo. E solicitou ontem mesmo.

Desta vez, através do projeto de lei 0023/2019 que já está tramitando no Legislativo e que solicita autorização dos vereadores para contrair um empréstimo de R$ 8 milhões e 500 mil junto ao BRDE para construção do Acesso Norte do município, via Barbacena.
Os vereadores também vão rejeitar?

terça-feira, 9 de abril de 2019

Vereadores rejeitam projeto de lei do prefeito que pedia empréstimo de R$ 10 milhões

Vereadores em sessão realizada na noite de hoje, rejeitaram por unanimidade o projeto de Lei nº 0024/2019, de autoria do Executivo lagunense, que buscava autorizar empréstimo (operação de crédito) junto à Caixa Econômica Federal (Finisa), no valor de R$ 10 milhões, destinados à construção do prédio da prefeitura (Paço Municipal).

Registrando que este Projeto de Lei não constava da pauta da sessão de hoje, anteriormente divulgada. Presidente do Legislativo, Cleosmar Fernandes colocou na pauta minutos antes do início da sessão, o que é prerrogativa sua.

Ausências justificadas na sessão dos vereadores Kléber (Kek) Roberto Rosa Lopes (PP) e Ronaldo Pacheco Bonifácio (PSD).

Licitação para projeto arquitetônico do Paço
Lembrando que a prefeitura já lançou até licitação para o próximo dia 12, para contratação de empresa especializada para realização do projeto arquitetônico do Paço.

Mais 8 nomeações para prefeitura

Ao que parece, as finanças da prefeitura estão a mil maravilhas com dinheiro sobrando em caixa. Enquanto os governos estadual e federal vão enxugando as máquinas, com extinções de inúmeros órgãos e cargos, na Laguna a caneta com tinta do prefeito continua cheia e funcionando.

Vejamos:

Diário Oficial de hoje, terça-feira (9) traz mais oito nomeações para cargos na prefeitura da Laguna, a saber:

2 assessores de projetos para secretaria de Planejamento;
2 assistentes de gestão para secretaria de Pesca e Aquicultura;
1 assessor jurídico especial;
1 diretor departamento de contabilidade;
1 instrutor informática p/secretaria de Educação e Esportes;
1 diretor p/departamento de museus na Fundação Lagunense de Cultura.

Nada como um município rico para administrar. Com o dinheiro dos outros, dos trouxas dos contribuintes é fácil. 

No Programa do Wilke

Nesta terça-feira (9/04), Na quinta-feira (11/4) estarei, das 16 às 18 horas, no programa “RECORDAR É VIVER”, na Rádio Laguna Web.
Apresentação de João Carlos Wilke.
Convidado, lá estarei para um bate-papo entre amigos.

Para sintonizar a Rádio Laguna Web e/ou dar o seu recado basta clicar aqui ou pelo Facebook
O telefone da emissora é (48) 99957-5359 (WhatsApp).

PS: O site da emissora está em manutenção até amanhã, quarta-feira. Sintonia somente pelo facebook. Por isso a transferência.

segunda-feira, 8 de abril de 2019

Tanara na Assistência Social e Janaína na Educação

Conforme antecipado por este Blog, a ex-vereadora e ex-secretária de Saúde da Laguna e candidata derrotada do PT à prefeitura na eleição passada (ficou em 3º lugar), Tanara Cidade de Souza, foi apresentada pelo prefeito Mauro Candemil, nesta segunda-feira (8), como a nova secretária de Assistência Social e Habitação do município.

Já a técnica em educação, servidora efetiva do município desde 2008, Janaína Preve Costa será a nova secretária de Educação e Esportes. Sem dúvida um excelente nome de uma funcionária de carreira do município. Conhece muito da área.
Mauro e Tanara. Uma dobradinha para 2020? Fotos: Divulgação PML

A técnica em Educação Janaína Preve Costa.
As novas gestoras assumirão as pastas nesta semana e já estiveram reunidas com funcionários dos setores que irão comandar.
O prefeito deu boas-vindas e solicitou empenho de ambas.

*******************
MDB e PT, juntinhos e misturadinhos?

PS: Dizer o quê da nomeação da Tanara, do PT? O prefeito está somente mirando a reeleição do ano que vem, como já afirmei e antecipei aqui no Blog. E houve quem não acreditasse dizendo tratar-se de boato a sua nomeação. Ou "exploração da mídia", como afirmou o PT em nota oficial.
Pois aí está a concretização do fato anunciado. Uma jogada política costurada pelos "arábias" da vida visando o ano que vem. 

E pensar que nas eleições de 2016 houve quem brigasse nas redes sociais pelos candidatos. Há gente que não se fala até hoje. E como fica agora o pessoal do MDB? O que diz? E aqueles que atacavam o PT e a então candidata pelo face? Vão todos subir no mesmo palanque ano que vem? Todos juntinhos e misturadinhos?

Num paralelo - com as devidas proporções - imagina o presidente Bolsonaro nomeando o Haddad para ministro? Seria uma baita traição com os seus eleitores ou não seria? É o que muita gente hoje na Laguna que votou no MDB e em Mauro Candemil está se sentindo: Traído. 

Políticos? Bah!

quarta-feira, 3 de abril de 2019

Reforma fatiada?

A propalada reforma administrativa da prefeitura a ser enviada à Câmara de vereadores, ao que parece, será entregue fatiada, aos poucos, e conforme vão sendo costurados ou não, acordos políticos.

Ontem (2), por exemplo, foi protocolado no Legislativo Lagunense o Projeto de Lei Complementar nº 0003/2019 que trata da recriação da secretaria de Comunicação Social, conforme antecipado por este Blog aqui e aqui.

Em sua justificativa ao projeto, o prefeito diz que a secretaria foi criada baseando-se “na necessidade de se adequar estruturalmente as ações de comunicação social e visa dar maior grau de autonomia e liberdade para que as ações desencadeadas pelo Poder Executivo alcancem maior amplitude”.

A matéria segue agora seus trâmites legais, passando pela assessoria jurídica da Casa, comissões, depois leitura, 1ª e 2ª votações, com prazo de conclusão previsto para 25 de maio.

terça-feira, 2 de abril de 2019

Professor Ronaldo “Boca” assume cadeira no Legislativo

O professor Ronaldo Pacheco Bonifácio tomou posse na Câmara de Vereadores da Laguna nesta terça-feira (2).
Suplente Ronaldo Pacheco Bonifácio (PSD), (de óculos), toma posse por trinta dias no lugar do vereador Adilson Paulino. Foto: Divulgação/PML
Boca, como é conhecido, é o 1° suplente do PSD, recebeu 413 votos nas eleições de 2016, e vai ocupar a cadeira de Adilson Paulino, que licenciou-se do cargo por 30 dias, para tratar de assuntos particulares.

O Ato de Posse aconteceu no gabinete do presidente da Câmara, Cleosmar Fernandes e contou com a presença dos vereadores Patrick Mattos de Oliveira (PP) e  Kleber Roberto Lopes Rosa (PP).
O vereador empossado já participou da Sessão Ordinária desta terça-feira.

segunda-feira, 1 de abril de 2019

Museóloga assume interinamente Fundação Lagunense de Cultura

Com a exoneração de Márcio José Rodrigues Filho da presidência da Fundação Lagunense de Cultura, assumiu interinamente a titularidade daquele órgão, a museóloga Mirella de Jesus Honorato. Portaria de nomeação RH 0379/19 foi publicada no Diário Oficial da última sexta-feira (29).
Sabe-se que no Projeto de Reforma Administrativa da prefeitura, a ser enviado à Câmara de vereadores provavelmente ainda nesta semana, a Fundação pode ser extinta e mesclada ao Turismo, cuja pasta passaria a ser chamada de Secretaria Municipal de Turismo, Cultura e Lazer.