segunda-feira, 30 de maio de 2016

Dever de casa

Leio que Laguna terá um novo monumento a ser erguido na Praça Francisco Pinho, no Mar Grosso, homenageando as Olimpíadas 2016.
Nada contra, mas que tal a Fundação Lagunense de Cultura  fazer primeiro o dever de casa e zelar pelos monumentos, bustos e estátuas já existentes?
Todos eles, absolutamente todos, estão abandonados, sujos, desleixados, às escuras. Além das placas históricas, em bronze, que foram furtadas e até hoje não repostas.

Aliás, nem a placa do chamado Museu Casa de Anita foi recolocada.

sexta-feira, 27 de maio de 2016

Eleitos os membros da Comissão Processante para analisar denúncias contra prefeito

Na noite de quarta-feira (25) foram definidos os vereadores membros da Comissão Processante (CP) que irão analisar as denúncias feitas pelo Partido Progressista contra o prefeito Everaldo dos Santos.  
O ato que define os membros foi assinado pelo presidente da Câmara Roberto Carlos Alves (PP).

Membros da Comissão. Foto Divulgação/Câmara de Vereadores
As denúncias são por infração político-administrativa e crime de responsabilidade. Cada vereador recebeu uma cédula e poderia votar em até cinco parlamentares, e/ou nele mesmo.

terça-feira, 24 de maio de 2016

Presidente e relator de CPI fazem visitas a obras e prédios abandonados na Laguna

“Verificar in loco é uma obrigação que temos ao apurar as denúncias da CPI”, disse o presidente da Comissão, vereador Rogério Medeiros (PP). 

A quarta-feira (18)   da semana passada foi de visita aos prédios públicos, alvos de denúncias de abandono e obras inacabadas, de responsabilidade do governo municipal. 

Ex-governador Colombo Machado Salles fez 90 anos

Foto: Valmir Guedes Jr.
Na última sexta-feira (20), o ex-governador de Santa Catarina, lagunense Colombo Machado Salles completou 90 anos, recebendo o carinho de familiares e amigos. Até hoje é um dos governadores mais queridos dos catarinenses, por sua humildade e jeito simples de ser. 
Governou nosso estado de 1971 a 1975 e foi escolhido indiretamente, pelo governo militar do general Médici, referendado pela Assembleia Legislativa.
Reportagem do Jornal do Almoço da RBS traz entrevista com Colombo, postada no Portal G1, e com alguns comentários de seu chefe de gabinete à época José Carlos Pacheco.
No final da matéria, o apresentador Mário Motta a complementa dizendo que “governar é encurtar distâncias”. Lembro   que este foi o slogan do governador que o sucedeu, Antônio Carlos Konder Reis.

Para assistir a entrevista basta clicar Aqui.

Vereador da Laguna estava em dois lugares ao mesmo tempo? Será um caso de onipresença?

Complementando a nota anterior, corre nas redes sociais, e também consta lá no site da Câmara de vereadores, uma gravação. Virou moda agora.
Foi feita na sessão da semana passada, quando não houve quórum para deliberação, por ausência de 7 vereadores.
Na Ordem do Dia, quando é feita a chamada dos vereadores presentes, ao ser chamado o vereador Kleber (Kek) Lopes Rosa (PP), outro colega seu justificou sua ausência dizendo que o vereador Kek estava numa reunião do PP em Florianópolis.
No que o presidente da Casa comentou pelos microfones:

“- Que eu saiba ele está num churrasco na casa do tio Preto com o prefeito municipal”.

PP denuncia prefeito da Laguna

O bicho tá pegando não somente em Brasília, mas aqui também na terrinha.
PP da Laguna, através do advogado e presidente do partido Fábio Kfouri, protocolou na Câmara de vereadores denúncia contra o prefeito Everaldo dos Santos por infração política-administrativa e crime de responsabilidade.

segunda-feira, 23 de maio de 2016

Cansou a paciência, santa!

Três assuntos (há mais alguns na fila) que ninguém aguenta mais ouvir e ler na Laguna:


·        Ponte, Barra, fábrica de gelo e Terminal de Pesca;
·        Promessas de funcionamento do Restaurante-Escola;
·        Leilão e implantação de Energia Eólica.

São assuntos cansativos, repetitivos que servem simplesmente para enaltecer determinadas figuras políticas em busca de palanques.

São considerados factoides puros. Deu pra bola, cansou santa!

Elvis será o fotógrafo oficial da Festa de Santo Antônio dos Anjos

O conhecido Elvis Palma será o fotógrafo oficial da maior festa religiosa da Laguna.

Convite feito, convite aceito e a partir da carreata na noite de terça-feira da semana que vem e até a noite do dia 13, nas novenas, transladação e procissão, Elvis estará clicando todos os momentos.

Fundação Catarinense de Cultura toma de volta Coletânea Garibaldina e a cede em comodato a Udesc

Pois é. Não adianta tentar dourar a pílula. Por pura má gestão da Fundação Lagunense de Cultura - e a má gestão não vem somente desta administração, frise-se - a Coletânea Garibaldina desde a semana passada está aos cuidados integralmente da Udesc por 10 anos, em forma de comodato. 
A Coletânea Garibaldina foi "retirada" da Fundação Lagunense de Cultura, conforme informa a própria Fundação Catarinense de Cultura em seu site.

Foto: Divulgação/PML
O acervo foi adquirido do professor Rau pelo governo do estado, por R$ 100 mil, em maio de 2001, durante o governo de Esperidião Amin. (Lei nº 11.713, de 3/05/2001).
Veio para Laguna em 14 de julho de 2002, através da Fundação Catarinense de Cultura, doado em forma de comodato.

domingo, 22 de maio de 2016

Pois não é...

Por causa de supostos apoios e futuras coligações, tem pré-candidato à prefeitura da Laguna ressuscitando mortos... politicamente.
O que faz lembrar, diria Reinaldo Azevedo, a frase antológica daquele garoto do filme O Sexto Sentido: "I see dead people".

Começou mal

Decepcionante o início do governo de Michel Temer. Tirando os nomes indicados para a área econômica.  
E tem muito boquirroto em seu governo dando entrevistas e falando o que não deve. SUS, legalização de jogos, lista tríplice para procuradores... Mexem em vespeiros sem necessidade imediata.
Antigamente falava somente o porta-voz do governo e o presidente. E deu.
Aliás, os recuos do vacilante presidente são de amargar.
Esse recuo neste fim de semana com o retorno do Ministério da Cultura (Minc)...
Sinalizou que basta meia-dúzia protestar que leva.
Agora vão encontrar outra bandeira e outra e outra...

De recuo em recuo Temer vai acabar devolvendo o mandato pra Dilma. 

Quando será?

Moradores e comerciantes das esquinas das ruas Barão do Rio Branco, Raulino Horn e Gustavo Richard querem saber quando as obras no prédio do antigo Hotel Rio Branco serão (re)iniciadas.
Sim, porque tapumes foram colocados, trancando a rua, telhas retiradas e há mais de dois meses tudo está parado. Não se vê um operário no local.

Movimento nas lojas no entorno caiu a quase zero. Já houve quem se mudasse. 
Quem resolve?

Retornando

Depois de um período afastado aqui desta página, retorno ao convívio com os leitores.
O pit stop foi necessário para finalizar pesquisas com vistas ao meu próximo livro que em breve, se Deus quiser, ponho um ponto final. Faltam somente alguns detalhes e um capítulo derradeiro.
Versará sobre política. Ou pelo menos sobre uma época da política lagunense.
Em breve maiores detalhes.
E vamos que vamos

quarta-feira, 16 de março de 2016

"LAGUNA FORMAS DO PASSADO": procura-se voluntários

Muitos prédios históricos no decorrer dos 340 anos de Laguna sofreram modificações ou acabaram demolidos. Os registros dessas edificações estão sendo resgatadas por estudantes, professores e voluntários apaixonados pelo patrimônio arquitetônico. 
Fotos: Bruno Espíndola

Eles têm a missão de reproduzir 130 edificações destruídas ou adulteradas em telas com tintas a óleo, pinceladas com persistência e paciência. Com fotos antigas e registros de jornais da época o trabalho ganha forma nas terças-feiras, às 19h, no Instituto Chachá, no centro histórico. No total faltam 23 telas para terminar o projeto intitulado Laguna Formas do Passado, iniciado por alunos e professores da Udesc. Nesta segunda fase, precisando de voluntários para concluir o registro. 

O Projeto começou como uma atividade de Extensão do curso de Arquitetura e Urbanismo da Udesc, durante o ano de 2012 com o nome “Livro Digital: Imagens de Laguna”. 

Atualmente, o pintor Artur Cook e o fotógrafo Bruno Espindola, cordenador do projeto, continuam o projeto no Instituto Chachá através de oficinas de pintura todas as terças-feiras. Eles produzem com as alunas Elisete Medeiros e Loreci Martimiano as telas das edificações que não foram pintadas na primeira etapa do projeto e as edificações identificadas posteriormente.
Para aqueles que sabem pintar e desejam participar de forma voluntaria no projeto pode se inscrever através do www.facebook.com/espacochacha ou comparecer nas terças-feiras, das 19h às 21h, no Instituto Chachá, localizado na rua Voluntário Fermiano (rua da Biblioteca Pública), no centro histórico. 

História social da cidade
O programa de extensão foi desenvolvido a partir do levantamento do patrimônio arquitetônico da cidade de Laguna. A metodologia incluiu o estudo das edificações, levantamento iconográfico com identificação dos acervos fotográficos existentes na cidade dos moradores Antônio Carlos Marega e Dalmo Faísca, também do arquivo do Iphan. 
O escritor Valmir Guedes contribuiu com textos e pesquisas sobre a história de algumas edificações. Os  imóveis foram selecionadas não só por critérios históricos, mas também por sua importância como participante da história social da cidade. 
A partir desta seleção foram elaborados desenhos e pinturas em tela, que posteriormente serão digitalizados para criação de um livro digital.

O projeto inicialmente contou com a participação da professora Adriana Fabre Dias e do professor Rafael Zanelato Ledo, ambos do curso de Arquitetura e Urbanismo da Udesc, como coordenadores. E os acadêmicos Bruno Espíndola, Larissa Brosler e Maicon Padilha como bolsistas. 

E dos acadêmicos(as) Christian Gofferjé, Fernando Rebelo, Guilherme Salvini, Jaqueline Rathunde, João Mota, Lucas Grando, Luna Acemel, Meyriane de Mira, Pryscila Wolaniuk, Renata Bet, Siliene Amorim e Thaís Melnik, que juntos com os artistas Artur Cook (idealizador do projeto), Adilson Barros, Fernando Martins, Fabio Luz, Glaci da Silva, João Rodrigues Jr. e Wellington Teixeira participaram como voluntários pintando uma tela para o projeto, que teve em 2012 um total de 18 telas prontas. 
Fonte: PML

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Um poema de amor escrito por uma mulher na Laguna atravessa os séculos

Um poema escrito por uma mulher na Laguna em 13 de junho de 1880, Dia consagrado a Santo Antônio, homenageia o seu marido, exalta suas virtudes e demonstra seu profundo e fecundo amor.

Foi por acaso. Estava eu ano passado mergulhado em algumas pesquisas em antigos documentos e jornais da Laguna, depositados em nosso Arquivo Público – Casa Candemil, quando tive minha atenção despertada para um pequeno livreto nas estantes, entre outras publicações.

De capa de veludo, costurado e bordado à mão, inclusive com as iniciais de seu marido (APCC), trazia uma dedicatória e um pequeno escrito em bonita letra.
Logo percebi tratar-se de uma preciosidade. O fotografei e o devolvi às prateleiras.

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Outros tempos

Edgar Pereira/Álbum de família
Dia desses, Maurício Fernandes Pereira em sua página no Facebook postou algumas fotos de seu pai, Edgar Pereira. Olhando as fotografias meio que viajei no tempo. 
Tomei a liberdade de trazer uma delas pra cá e comentá-la.

Seu Edgar, natural de Jaguaruna, pai do Rodrigo, Maurício e Luciana, foi proprietário de um dos estabelecimentos comerciais mais tradicionais da Laguna, a Casa Regina, situado na esquina entre as ruas Tenente Bessa e Gustavo Richard. Estabelecimento adquirido em 1965 do seu Galdino Goulart.

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Mais uma placa histórica foi roubada na Laguna

Desta vez, e na noite passada, foi roubada a placa em bronze comemorativa ao 146º aniversário da República Juliana Catarinense e Sesquicentenário da Revolução Farroupilha, afixada numa base em concreto no lado leste do Jardim Calheiros da Graça, em 29 de julho de 1985.

Passagem de ônibus na Laguna aumenta 11,27%

Decreto de nº 4.574/16, assinado pelo prefeito Everaldo dos Santos em 3 de fevereiro último reajusta a tarifa de transporte público coletivo em nossa cidade em 11,27%.
O circular, por exemplo, passa a custar R$ 3,55.
Cabeçuda ao centro da cidade: R$ 3,30. E por aí vai.


quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Escola de Samba Os Democratas

Os Democratas tem como presidente uma mulher, Claúdia Netto Lopes da Silva. Tradicional Escola do Campo de Fora, acumula 21 títulos. No seu enredo contou a história da cidade de Gramado.
Fotos abaixo:

Escola de Samba Xavante

A Escola de Samba Xavante trouxe pra avenida o samba-enredo "Kéramos", que significa cerâmica em grego, com composição de Cristian Soares.  Xavante foi fundada em 1946, considerada uma das primeiras entidades carnavalescas. Em 2013 (último ano em que aconteceu o desfile em nossa cidade) conquistou o segundo lugar.
Fotos abaixo:

Escola de Samba Mocidade Independente

A Mocidade Independente, contou a história da cerveja, considerada, segundo o enredo, um presente dos deuses. Iniciou sua história em 1980, tem sua sede no bairro Progresso. 
Fotos abaixo:

O Homem Aranha esteve no carnaval da Laguna

O Personagem da HQ Homem Aranha (Spider Man) da Marvel Comics, brincou no carnaval de rua na tarde de domingo, na Laguna.

Escola de Samba Brinca Quem Pode

Brinca quem Pode contou "Vinho, néctar dos Deuses".  a Escola de Samba do bairro Progresso, popular Roseta, foi criada em 1947. 
Fotos abaixo:

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Escola de Samba Vila Isabel

A Vila Isabel, com fortes raízes no Morro da Glória, canta "A Diversidade da Energia que move o mundo", de autoria de Bira Azevedo e Renato Demétrio na composição do samba.
Fotos abaixo:

Desfile das Escolas de Samba da Laguna – o verdadeiro carnaval do povo

 “Um povo sem o resgate de sua cultura, jamais será um povo feliz”


As fotos de Elvis Palma e Marco Bocão mostram
o povo na rua prestigiando as Escolas de Samba
A satisfação do público foi imensa ontem à noite na rua Gustavo Richard, no Centro Histórico da cidade, quando do desfile das cinco Escolas de Samba da Laguna.
Antes mesmo das 22 horas as calçadas estavam completamente lotadas. Voltaram as cadeiras e os bancos de madeira colocados ao longo do trajeto. Retornaram os idosos e as crianças sentadas aos meios-fios ou brincando no intervalo entre uma Escola e outra. O povo foi pra rua.
Voltou o desfile das Escolas de Samba ao centro, local de onde nunca deveria ter saído. Era esta a opinião unânime. Concordo plenamente.

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Bloco do Barulho - Os bons tempos voltaram

Nesta segunda-feira (8), das 10h às 17h, o Bloco do Barulho animou o carnaval, com concentração na Praça Sousa (com S) França, no bairro mais festeiro da Laguna, o Magalhães.
Abaixo, algumas fotos que fiz:

domingo, 7 de fevereiro de 2016

Nota de falecimento+

Sepultado no final da tarde deste domingo em nossa cidade, o engenheiro Antônio Michels, aos 63 anos. Faleceu na capital do estado, onde estava internado para tratamento de um câncer no pulmão.

sábado, 6 de fevereiro de 2016

Bloco Costela de Eva e Adão – Um sucesso

Mais uma vez o Bloco Costela de Eva & Adão repetiu o sucesso do carnaval passado, trazendo tradicionais marchinhas executadas pela Banda União dos Artistas. Eis o verdadeiro resgate do nosso carnaval.
Fiz algumas fotos:

“Marchinha do japonês da Federal”.

Sucesso absoluto em todo o Brasil neste carnaval, a “Marchinha do japonês da Federal”. Lembra as velhas marchinhas com seus humores e críticas. Boa sacada ao momento atual que o país está vivendo. 

Os músicos e o compositor são de Campinas-SP. A reportagem é do Correio Popular.