sexta-feira, 31 de maio de 2013

Vai começar a tradicional Festa de Santo Antônio dos Anjos da Laguna 2013 - De 31/05 a 13/06/2013

A maior festa religiosa do município começa no dia 31 com uma missa campal ao lado da matriz Santo Antônio dos Anjos, no centro histórico, às 19h, seguida da tradicional carreata pelas ruas da cidade.

Neste ano, as festividades acontecem de 1º a 13 de junho, as trezenas serão realizadas a partir das 19h30m,  seguidas de apresentações musicais e estandes com produtos típicos da cidade, comida, artesanato e apresentações artísticas.

No sábado, dia 08, após a transladação que sairá da Capela de Nossa Senhora Auxiliadora, no bairro Progresso, a comunidade poderá assistir a apresentação do show nacional da banda católica “Dominus”, de Belo Horizonte.

Programação:

Dia 31 (Sexta-Feira)
19h - Missa Campal de Santo Antônio.
20h30m - Carreata com a imagem de Santo Antônio dos Anjos, percorrendo as ruas de nossa cidade.

Dia 1º  (Sábado)
18h. - Santa Missa
19h30m - Trezena de Santo Antônio dos Anjos. Orador: Pe. Nilo Schlickmann, Matriz Santo Antônio dos  Anjos  – Laguna.  Tema: Usa mais vezes os ouvidos do que a língua.  Participantes: Festeiros 2012, Sindicato de Bares, Hotéis e Restaurantes.
22h - No palco externo:  Show Sandro Rios e banda.

Dia 02 (Domingo)
09h30m - Santa Missa.
18h - Santa Missa.
19h30m - Trezena de Santo Antônio dos Anjos. Orador: Pe. Silvino Hoepers, Paróquia Cristo Rei, São Martinho. Tema: A Oração impede de errar a quem quer andar, e conduz com grande facilidade a quem quer progredir. Participantes: Associação Comercial e Industrial de Laguna (ACIL) e Câmara de Dirigentes Lojistas da Laguna (CDL).
21h. - No palco externo show com o Grupo Boca da Noite.

Dia 3 (Segunda-Feira)
19h30m - Trezena de Santo Antônio dos Anjos. Orador: Pe. José Eduardo Bittencourt, Paróquia Nª. Sª.  Imaculada Conceição de Imbituba.  Tema: Quando te sorrirem prosperidade mundana e prazeres, não te deixes encantar; não te apegues a eles, brandamente entram em nós, mas quando os temos dentro de nós nos mordem como serpentes. Participantes: Capitania dos Portos da Laguna.

Dia 4 (Terça-Feira)
06h30m - Missa de Santo Antônio.
18h - Santa Missa.
19h30m - Trezena de Santo Antônio dos Anjos. Orador: Pe. Edinei Ouriques da Silva, Paróquia São José Operário – Oficinas - Tubarão. Tema: Maria não afugenta nenhum pecador, antes recebe a todos os que se refugiam nela e, por isso, é chamada Mãe da Misericórdia, é misericórdia para os miseráveis, é esperança para os desesperados. Participantes: Lions Clube da Laguna.
21h30m -  No palco externo  a apresentação da Academia Flexion.

Dia 5 (Quarta-Feira)
15h - Missa da Saúde na Matriz.
19h30m - Trezena de Santo Antônio dos Anjos. Orador: Pe Pedro Goulart Alves, Paróquia São Marcos- Rio Fortuna. Tema: A Paciência é o baluarte da alma, ela a fortifica e a defende de toda perturbação. Participantes: Movimento Nascer de Novo.
21h- No palco externo com apresentações de dança SESC/Laguna.

Dia 6 (Quinta-Feira)
18h - Santa Missa.
19h30m - Trezena de Santo Antônio dos Anjos. Orador: Pe. Auricélio Costa, Seminário Nossa Senhora de Fátima - Tubarão. Tema: Feliz aquele que arranca de si o coração de pedra e toma um coração de carne, capaz de se doer compungido das misérias dos pobres, de modo que a sua compaixão lhe sirva de consolo lhe dissipe a avareza. Participantes: Rotary Clube da laguna, Rotary Club República Juliana.
21h - No palco externo concerto com a banda da Fundação Bradesco.

Dia 7 (Sexta-Feira)
19h30m - Trezena de Santo Antônio dos Anjos. Orador: Pe. Marcelo Wiggers Buss, Paróquia de Rio Fortuna. Tema: O Cristão deve apoiar-se  na Cruz de Cristo como se peregrino se apóia no bastão quando empreende longa viagem. Participantes: Fiéis de Urussanga.
21h30m – No palco externo show com Jeito Safado- Sertanejo Universitário.

Dia 08 (Sábado)
18h -  Santa Missa na capela Nossa Senhora Auxiliadora com a Imagem de Santo Antônio.
19h - Transladação da Imagem do padroeiro, da capela Nossa Senhora Auxiliadora a Igreja Matriz  Santo Antônio dos Anjos, com presença do Exmos. Governador - Raimundo Colombo, Vice Governador - Eduardo Pinho Moreira, Prefeito - Everaldo dos Santos entre outras autoridades e fiéis.
20h30m - Trezena de Santo Antônio dos Anjos. Orador: Dom João Francisco Salm, Bispo da Diocese de  Tubarão. Tema: Quando mais profundamente lançares o alicerce  da humildade, tanto mais alto poderás construir o edifício.
22h - No palco externo show com  Grupo Testamento, do Bairro Progresso.
23h - Show nacional com a Banda Católica Dominus, de Belo Horizonte.
24h - Tradicional Baile de Santo Antônio na Sociedade Recreativa União Operaria.

Dia 9 (Domingo)
12h - Almoço no restaurante do Centro Cultural.
12h30m - IX Feijoada do Bloko  Rosa, Clube de Campo.
14h- Missa das crianças, com a participação do Pe. Joãozinho - SCJ de São Paulo.
16h - Procissão com a imagem de Santo Antônio dos Anjos pelas ruas do centro histórico com a participação do Pe. Joãzinho - SCJ de São Paulo.
18h - Santa Missa.
19h30m - Trezena de Santo Antônio dos Anjos. Orador: Padre Marcos Herdt, Paróquia N. S. da Imaculada Conceição de Imbituba. Tema: Quem recebe a Eucaristia recebe o corpo do Senhor. É o senhor que permanece em nós e nós nele, pois quando comungamos é a  pessoa de Jesus Ressuscitado que recebemos. Participantes: Clube de Motos.
21h30m – No palco externo show  com a Banda Prakatá.

Dia 10 (Segunda-Feira)
19h30m - Trezena de Santo Antônio  dos Anjos. Orador: Pe. Antônio Vander, Paróquia São Nonato, de Içara. TemaDizem que o filho da cegonha ama tanto o pai que, ao vê-lo envelhecer, sustenta-o e alimenta-o. Isso faz por instinto. Também nós devemos sustentar o nosso pai nos seus membros débeis e doentes, pobres e necessitados.  Participantes: OAB da Laguna.

Dia 11 (Terça-Feira)
06h30m - Missa de Santo Antônio.
18h - Santa Missa.
19h30m - Trezena de Santo Antônio dos Anjos . Orador: Dr. Marcio José Rodrigues. Tema: Santo Antônio e a Igreja atual. Participantes: Rede Feminina de Combate ao Câncer, Associação Mamãe Bebê.
21h - BINGO DE SANTO ANTÔNIO, no Centro Cultural Santo Antônio.

Dia 12 (Quarta-Feira)
15h -  Missa da Saúde  na Matriz.
19h30m - Trezena de Santo Antônio dos Anjos. Orador: Pe. Thiago da Silva Tomas, Paróquia  São Cristóvão, de Lages. Tema: Ó Senhor, dai-me viver e morrer no pequeno ninho da pobreza e na fé dos teus apóstolos e da tua santa Igreja católica. Participantes: Casais de namorados e Grupos de jovens.
22h – No palco externo show  com Grupo Fissura.
 
Dia  13 (Quinta-Feira) / Feriado Municipal
10h - Missa festiva em louvor a Santo Antônio, com a participação da Irmandade do Santíssimo Sacramento e Santo Antônio dos Anjos. Posse dos Novos membros da Irmandade, Presidida por Dom João Francisco Salm, bispo da Diocese. Participação Especial:  Coral Santo Antônio  dos Anjos.
12h - Almoço festivo, no restaurante do Centro Cultural.
16h - Procissão Motorizada, com a participação dos festeiros, CAEP, Irmandade e a comunidade em geral, com a benção dos veículos  na chegada.
19h30m - Trezena de Santo Antônio dos Anjos. Orador: Pe. Itamar Faísca Nunes, Paróquia Nª Sª de Fátima – Humaitá  – Tubarão. Tema: É viva a palavra quando são as obras que falam.  Participantes: Corpo de Bombeiros da Laguna. Cerimônia de Despedida:  Adeus Antônio e
Anúncio dos Festeiros 2014.

Sugestão ao prefeito Everaldo dos Santos

Do canto deste blog, ouso uma sugestão ao prefeito Everaldo dos Santos. Não cobro nada por ela, é “de grátis”.

Que tal, prefeito, promover mensalmente ou bimestralmente, um encontro com a imprensa da região? Um “Café com o prefeito”?
Em vez de privilegiar com entrevistas e informações esse ou aquele profissional da área (inclusive provocando ciúmes, e ciúmes de homem é danado) convidar-se-ia todos os jornalistas, radialistas, blogueiros de nossa cidade e da região, que noticiam Laguna.

Um encontro não com o ranço oficial, mas sim para um bate-papo informal onde o pessoal da área pudesse indagar, questionar e saber das novidades, além de planos e projetos. Todos informados ao mesmo tempo. Evitaria com isso os chamados “ruídos de comunicações”, o disse-me-disse, os desencontros nas notícias.

Entre um cafezinho e uma bolachinha, informações importantes a serem transmitidas a ouvintes e leitores.
Everaldo dos Santos é aberto ao diálogo e transparente, sempre frisa isso e verdadeiramente adora conversar.
Pois então. Fica a sugestão deste escriba.

quarta-feira, 29 de maio de 2013

Outro troca-troca na prefeitura e Câmara de Vereadores

 Vereador Valdomiro Macho assume secretaria de Governo no lugar de Eraldo dos Santos
Novo secretário de Governo
Valdomiro (Macho) Barbosa Andrade
No lugar do ex-vereador Eraldo Cardoso dos Santos (da Farmácia), como secretário de governo da prefeitura da Laguna, assume hoje o vereador Valdomiro (Macho) Barbosa Andrade (PMDB), prometendo uma política mais presente, de muito diálogo, unindo a visão partidária com entendimentos e atendimentos aos anseios da população e dos representantes do Legislativo.
Valdomiro Andrade fará esta ligação, e capacidade para isso ele tem, já que vem de uma família política, é popular e dinâmico. Governo Everaldo dos Santos ganha um interlocutor e assessor político com um perfil mais articulador.
 ***
Eraldo Cardoso dos Santos vai para a secretaria de Desenvolvimento Econômico e Social, que está vaga desde a saída de Ruy Vladimir Soares de Souza.
No lugar de Valdomiro Barbosa Andrade na Câmara de Vereadores, assume o primeiro suplente do PMDB Renato Borges.

Presidência do PP

Advogado Fábio Kfouri Palma (assessor jurídico da Câmara de Vereadores da Laguna, presidida por Roberto Alves (PP), é o novo presidente do PP lagunense, eleito em convenção no último domingo.

Troca-troca na prefeitura da Laguna

Secretária Carmensita  Almeida da Rocha Cardoso, da Assistência Social, deixou sua pasta e é a nova presidente da Fundação Irmã Vera.
Em seu lugar Geovanna Prudêncio de Moraes, esposa do vereador Rodrigo Moraes (do extinto grupo dos sete, não tem?), que havia sido nomeada há poucos dias para a Fundação, mas constatou-se que sua nomeação se enquadraria na Lei do Nepotismo.
A secretária Carmensita, que vinha efetuando um elogiado trabalho à frente da secretaria Social, deixou uma mensagem em sua página no Facebook:

"À equipe da Secretaria de Assistência Social (CRAS Barbacena, CRAS Vila Vitória, CREAS, Conselho Tutelar, Abrigo Institucional, Fundação):

Carmensita Almeida da Rocha Cardoso é a nova
 presidente da Fundação Irmã Vera.

Muito obrigada pela oportunidade de conhecê-los, aprender com vocês e organizar esta secretaria. Os méritos é da equipe que continua, pois, falamos sempre em política pública e esta não importa quem entra e quem sai, tem que dar continuidade. Falamos muito também em respeito ao dinheiro público, respeito aos profissionais e respeito as pessoas inscritas no Bolsa família, Cadastro único da Assistência Social e das 600 famílias que precisamos encontrar com a busca ativa e com estrutura para atendimento.

Falamos ainda no respeito com as crianças dos programas PETI, Jovem Aprendiz e atividades Naúticas, os convênios com Conservatório Lagunense, CUFA, Fundação Hermon, Capoeira - Crespo Gcb Luis Everton Rodrigues, uniforme e alimentação com qualidade para as crianças (03/06 - início).

Só tenho a agradecer primeiramente a Deus, minha família e a todos que acompanharam as dificuldades e avanços até aqui. Que continuemos unidos pelos mesmos objetivos! Continuarei em outro setor, mas sempre juntinho de vocês!!! Obrigada!”

Sami Ahmad tomou posse na CDL da Laguna

Tomou posse na noite de ontem a nova diretoria da CDL da Laguna, tendo na presidência o empresário Sami Ahmad.


A nova diretoria. Sami Ahmad é o segundo em pé da esquerda p/direita.
 

Em seu discurso de posse disse:
“Nosso ritmo de trabalho é rápido, eficiente e é isso que vamos trazer aqui para dentro da CDL. Vamos alterar o site, vamos trabalhar juntos, a eleição já passou, foi bastante atribulada, mas agora é união.
Está aqui o presidente da ACIL, do Sincaval, vamos trabalhar juntos para chegar mais longe e com menos sacrifício”.
E destacou Sami:
"Vamos organizar os lojistas para desenvolver o comércio local com ações socioeconômicas viáveis para todos. A CDL é uma entidade importante e deve ser ativa".

O presidente eleito e agora empossado, Sami Ahmad, venceu com uma diferença de 13 votos.  
Dos 91 eleitores que compareceram, a chapa dois teve a preferência de 52, contra 39 da chapa um, liderada pela ex-presidente Maria Ivonete Hilário Fernandes Perin.
A nova eleição ocorreu devido à intervenção da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina (FCDL), através de uma determinação que indicou a continuidade do grupo presidido por Maria Ivonete para organizar o processo eleitoral.

Nova Diretoria daCDL
Presidente: Sami Ahmad
Vice-presidente: Ondina Silveira
Diretor Financeiro: Silvana Fretta
Diretor Secretário: Same Omar Mohammad
Diretor SPC: Isaías M. Viana
Conselho Fiscal: Marcelo Massih
Conselho Fiscal: Damiano Andreadis
Conselho Fiscal: Viviane M. Farias
Suplente 1: Sebastião Xavier
Sebastião 2: Sirlei Mendes Espíndola
Suplente 3: Albaneza Maria da Silva.

terça-feira, 28 de maio de 2013

Querem a grandiosa estátua de Santo Antônio dos Anjos? Antes cuidem do Morro e de Nossa Senhora da Glória que estão abandonados

Na próxima sexta-feira, 31 de maio, a Estátua de Nossa Senhora da Glória completa 60 anos. Quem lembra?
 

Veja e constate tristemente o estado em que se encontra atualmente o topo do Morro da Glória. Fotos feitas semana passada.
O mirante (na verdade um feioso muro de arrimo) para o lado do centro da cidade não mais existe. O turista para observar e fazer uma foto tem que entrar pelo mato e correr o risco de despencar do barranco. Mato que também toma conta da área ao redor da imagem de Nossa Senhora da Glória e da estrada de acesso.

Agora leitor, de que adianta falar em turismo, promover seminários, gastar em publicidade, se nem o básico é feito? Se nossos pontos turísticos estão abandonados? Divulgar uma realidade que não existe não é fazer publicidade enganosa?
Um guia turístico me confessou dia desses:
- Tenho vergonha e medo de trazer turistas até aqui no morro, nem sei mais o que digo.
É o caso de dizer aos governantes: Querem a estátua de Santo Antônio dos Anjos? Primeiro cuidem do Morro e de Nossa Senhora da Glória que estão abandonados.

Durante muitos anos, principalmente nas décadas de 50 e 60, as famílias lagunenses, aos domingos, para lá se dirigiam fazendo seus churrascos e os chamados piqueniques. Mesas e churrasqueiras lá foram instaladas. Depois, com o passar dos anos, o local foi praticamente abandonado e caiu no descrédito, com a construção de boates de frequência duvidosa. Caiu em descrédito o morro, obviamente não a Imagem de Nossa Senhora da Glória, que continua erguendo seus braços sobre a cidade e protegendo seus habitantes. À noite é como um farol a iluminar na escuridão os possuidores de fé.
Além do contato direto com a natureza, o visual sempre foi incrível, deslumbrando a todos com a visão da cidade, dos morros que a circundam e das Lagoas Santo Antônio e Imaruí, além da desembocadura do Rio Tubarão, Molhes e Balneário Mar Grosso.

Mas muito pouco foi feito para seu real aproveitamento de uma forma ampla. Quero crer que todos os candidatos à prefeitura da Laguna, vencedores ou não de eleições, incluíram o Morro da Glória e a imagem da Santa em seus projetos de governo nas campanhas eleitorais.

Falaram em parque ecológico e até teleféricos ligando o centro histórico ao topo do Morro e dali ao Molhes. Para ludibriar eleitores incautos vale tudo.
O modismo nos últimos anos é a promessa de criação de trilhas ecológicas.
Até hoje nada foi realizado pelos governos que se sucederam nas últimas décadas na Laguna.
Abandonado, o local tornou-se perigoso, sem segurança e até assaltos já foram registrados.
Muito triste. E vergonhoso.

***
Nossa Senhora da Glória - Histórico
A imagem de Nossa Senhora da Glória, idealizada pelo saudoso Padre Gregório Warmeling, foi inaugurada em 31 de maio de 1953, tendo como escultores Alfredo Itaege e dona Elisa Faccio Itaege, de nacionalidade berlinense, residentes em Guaporé, RS. 
Escultores Alfredo Itaege e Elisa Faccio Itaege.

 
Alfredo Itaege com 72 anos era formado na Escola de Belas Artes de Berlim, tendo trabalhado como escultor na Rússia, Egito, Argentina e Brasil. É dele a fachada do então Banco Nacional do Comércio de Porto Alegre, e a imagem de N. Sª de Fátima, em Cruz Alta-RS.

Detalhes: A concepção da imagem foi do próprio artista. A imagem tem 8 metros, o pedestal tem 14 metros, as nuvens 2 metros as dimensões entre os braços é de 4,80 metros.

Saudoso Oscarlino Fernandes abraça o braço esquerdo
da Santa para mostrar a proporção.


A obra foi executada pelas Congregações Marianas e grande número de idealistas generosos. O financiamento do circuito da Glória foi feito por Francisco Fernandes Pinho. Engenharia a cargo de Colombo Machado Salles, com a rede elétrica instalada pela prefeitura da Laguna.


Informa sobre o evento a Revista Cidade de Laguna, editada em junho daquele ano:
“Durante a missa campal, abrilhantada pelo Coro da Matriz, usou da palavra o Pe. Dionísio da Cunha Lauth, Diretor do Ginásio S. Coração de Jesus, de Tubarão. Presentes, o prefeito municipal, Dr. Paulo Carneiro, presidente da Assembléia Legislativa, Dr. Volney Colaço de Oliveira, representante da Rádio Difusora da Laguna, Arquimedes de Castro Faria, Madre Egídia promicial da Congregação das Irmãs  da Divina Providência, representada pela Superiora do Colégio Stela Maris, dentre outras autoridades”.
E continua o redator:
“Após a missa usaram da palavra Dr. Paulo Carneiro e Dr. Volney Colaço de Oliveira, que em improvisos brilhantes elevaram o nome de Laguna com esse monumento colocado dentro de uma natureza privilegiada.
Foi notável a apoteose com a iluminação às 19 horas, correspondida por fogos, girandas e grande número de carros, fanfarra dos Escoteiros, bandas de música, reunidos na praça da Matriz, dada a impossibilidade de acesso do morro da Glória, devido às chuvas. Esta saudação foi correspondida por todas as capelas da Paróquia e Imbituba.
Um transatlântico em alto mar correspondeu a saudação”.

Músico lagunense Murilo Ulysséa, pianista, à época compôs letra e música de uma valsa em homenagem a Nossa Senhora da Glória:

I
“Lá no alto do morro imponente
A imagem da virgem angelical
Ostenta seu esplendor onipotente
Numa auréola de luz celestial.
A cidade aos seus pés ajoelhada
Contrita, suas preces lhe envia,
Enquanto lá do céu em revoada,
Os anjos vêm lhe fazer companhia.

II
Nossa Senhora da Glória,
Oh! Santa tão milagrosa,
Abençoai esta terra
Hospitaleira e bondosa.
À noite brilhando refletes,
Sobre tua fronte de bondade
Três fulgurantes estrelas:
Fé, Esperança e Caridade.

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Falecimentos +

Ausente do Blog por vários dias, não pude fazer o registro de alguns falecimentos acontecidos na Laguna e que entristeceram familiares e amigos. Nossos sentimentos.



+ No início do mês faleceu Miceslau (Missinho) Speck, aos 71 anos. Comerciante em nossa cidade, filho de Ademar Speck, da então tradicional Sapataria Speck.

Na sexta-feira, 17, faleceu a Técnica em Enfermagem Kátia Fernandes, aos 46 anos, filha da dª Dorza do bar Docas do mercado, não tem?

+ No último sábado foram sepultadas no cemitério do Laranjal, em Jaguaruna, Rosângela Heins Laurindo, 36 anos, e a filha, Nicoly Heins Réus, de sete anos. As duas morreram após terem sido internadas no Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC), em Tubarão. Foram vítimas de um atropelamento no dia 12 deste mês, num ponto de ônibus na entrada da Laguna. Muito triste.

+ Faleceu no dia 18, o ex-vereador Heriberto Barzan, em vários mandatos, tendo assumido também a prefeitura da Laguna em meados da década de 90. Foi decretado luto oficial pelo município. Corpo foi cremado em São Leopoldo (RS) e suas cinzas foram levadas por familiares e amigos às águas dos Molhes da Barra no último sábado.


+ Neste domingo foi sepultado Olindino de Oliveira, aos 74 anos, comerciante em nossa cidade, proprietário da Loja Primavera

Uma foto vale mais que mil palavras, duas fotos então...

No sábado, dia 18 último, foi inaugurada a nova Unidade Básica de Saúde do bairro Esperança. Serão 880 famílias da comunidade atendidas. O investimento é de R$317.261,46, recursos do estado e do município.
A unidade do bairro Esperança fica na rua Victor Meirelles, ao lado da Casa Lar.

Pois bem. Costumamos dizer em jornalismo que uma foto vale mais que mil palavras. Nada mais verdadeiro.
Para um bom observador, muitos fatos podem ser constatados nas entrelinhas de uma fotografia, que sempre dizem muito, basta o observador ter olhos de ver.
Pois ainda semana passada, dentre as dezenas de fotos enviadas à imprensa, juntamente com releases pela secretaria de Comunicação Social da prefeitura da Laguna, duas chamaram a minha atenção e versam sobre a inauguração da Unidade de Saúde referida acima.
Observe leitor e tire suas conclusões que, obviamente, podem não coincidir com a minhas:

1) A primeira foto demonstra claramente o recente entendimento entre a Câmara de vereadores e o prefeito que começam agora a viver em lua de mel.

Nela podemos constatar na dita solenidade, conjuntamente, além, lógico, do primeiro mandatário Everaldo dos Santos, quatro vereadores do finado (será para todo o sempre? Ou ressuscitará de vez em quando?) “grupo dos sete” descerrando a placa inaugural do prédio.
Roberto Alves (PP) (o presidente do Legislativo lagunense), Wilsinho Vieira (PSDB), Patrick Mattos (PSB) e Zezinho Siqueira (PT). São personagens que só agora começam a participar vivamente de atos e inaugurações do Executivo.
Os outros dois vereadores na cena são Kleber Kek (PP) e Rogério Medeiros (PMDB) do também extinto (será?) grupo dos seis.
Ao fundo Nazil Bento Jr., o secretário da 19ª Secretaria Regional da Laguna.

Na foto, as ausências do secretário de Saúde Luiz Felipe Remor (incrível que tenha ficado fora do flash neste registro, já que gosta tanto...) e da vice-prefeita Ivete Scopel que nem compareceu ao ato. Logo ela, tão ligada e querida aos movimentos sociais e comunitários.

****
2) Já a segunda foto é mais uma análise filosófica de minha parte da chamada efemeridade do poder.

Veja leitor: em primeiro plano, à esquerda (bem à esquerda por sinal), “discostas”, observando da calçada a solenidade, a ex-secretária de Saúde Tanara Cidade de Souza, a idealizadora da construção da Unidade em sua gestão, que findou em 31 de dezembro do ano passado. A obra somente agora foi concluída.
A linguagem popular em seus adágios diz, neste caso acertadamente, que “papagaio come milho periquito leva a fama”. Ou outra variante tipo a “sopa não é para quem faz, mas pra quem toma”.

Ótimo para nós contribuintes que assim não vemos a descontinuidade de obras, tão comuns em sucessivos governos por esse Brasil afora, que não as finalizam e as transformam em elefantes brancos, num grande desperdício de dinheiro público.

Mas a segunda foto contém ainda outro ensinamento, às vezes esquecido por tantos neófitos da política em seus deslumbrados mandatos e gestões.
O registro mostra como tudo em nossas vidas é transitório, tênue, fugaz. Quem hoje detém a caneta do poder na mão e dita ordens em seus cargos, amanhã pode ser mero espectador de atos e fatos alheios, em seu retorno a simples condição de cidadão.
É a chamada gangorra do poder, ora por cima, às vezes por baixo. Da planície ao planalto e deste novamente à planície.
Porque tudo é passageiro.

sábado, 25 de maio de 2013

Para fechar a semana

O tempo

(Mário Quintana)


A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa.
Quando se vê, já são seis horas!
Quando se vê, já é sexta-feira!
Quando se vê, já é natal...
Quando se vê, já terminou o ano...
Quando se vê perdemos o amor da nossa vida.
Quando se vê passaram 50 anos!
Agora é tarde demais para ser reprovado...
Se me fosse dado um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio.
Seguiria sempre em frente e iria jogando pelo caminho a casca dourada e inútil das horas...
Seguraria o amor que está a minha frente e diria que eu o amo...
E tem mais: não deixe de fazer algo de que gosta devido à falta de tempo.
Não deixe de ter pessoas ao seu lado por puro medo de ser feliz.
A única falta que terá será a desse tempo que, infelizmente, nunca mais voltará.

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Laguna nos Jogos Abertos da Terceira Idade - Jasti

A equipe da Laguna conquistou o terceiro lugar na categoria dominó masculino, nos Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti), realizado no último final de semana, na cidade de Itá.
Pigale, Márcio, Fita, Aragão e Rosinaldo.
Edésio Joaquim, Fita, Márcio, Jaime e Pigalle.

Nossa cidade também teve representantes na canastra e na bocha.
Participaram do Jasti 151 municípios e 1.740 atletas.
De parabéns aos atletas lagunenses e  em especial ao organizador da delegação Edésio Joaquim.

segunda-feira, 20 de maio de 2013

Análise política do governo Everaldo dos Santos/Ivete Scopel - Retrospectiva

Uma análise política sempre é das tarefas mais inglórias, porque você tem que conhecer os agentes e fatores envolvidos em muitas das decisões tomadas, inclusive nos bastidores. Há que se medir vaidades, interesses partidários, composições, amizades e muitas outras variáveis. E mesmo assim pode-se pecar por falta de informação e excesso de ingenuidade do analista.
Mas vou tentar, mesmo correndo o risco de deixar passar muita coisa do observado aqui do meu canto, ângulos diferentes das muitas decisões até aqui tomadas pelo prefeito. Não conheço todos os vieses viéis para uma análise mais aprofundada, mais detalhada, mas tudo é fruto do que observei até aqui desde a eleição de outubro do ano passado e dos cinco meses de governo.
Vamos lá, leitor deste blog, sente-se confortavelmente, beba um cafezinho, relaxe e leia com atenção e calma, porque o texto é longo. Depois, se quiser, deixe suas observações nos comentários.

Nunca antes...
O então candidato Everaldo dos Santos juntamente com sua vice Ivete Scopel, tiveram uma votação maciça na eleição de sete de outubro do ano passado. Foram 16.669 votos. O povo sonhava com mudanças. Nunca antes na história da Laguna... (para ficar num velho bordão conhecido e já gasto pelo uso) uma dobradinha recebeu tal quantidade de sufrágios, excluíndo daí os eleitores do novo município de Pescaria Brava.
Foi uma babilônia de votos, como o eleito se referiu a sua vitória, merecida por sua popularidade e simplicidade. Estava com a faca e o queijo na mão. Bastava somente descer do palanque.
A grande maioria dos votos dos eleitores lagunenses foi de protesto à administração do ex-prefeito Célio Antônio, do que propriamente contrária à candidata de seu partido Tanara Cidade de Souza. E, que ninguém se iluda, houve também quem votasse em Everaldo por simples falta de opção e/ou empolgação com os demais candidatos.

Renovação na Câmara. Pelo menos de nomes
Na Câmara, uma renovação de nomes. Só ficaram Dudu Carneiro (PP) e Orlando Rodrigues (PSD) e houve um aumento em mais três vereadores, dos dez anteriores. (Alguns deles já se destacam).
Mas a base aliada do prefeito era maioria. Bastava uma condução tranquila e arguta à presidência e mesa diretora do Legislativo, por parte do chefe do Executivo. "Cozinhar o galo" até o primeiro dia do ano e conversar muito. Jamais fazer opção por este ou aquele, pelo menos publicamente. O nome deveria ficar guardado as sete chaves ou na manga de suas chiques camisas listradas.

Eram sete vereadores de sua base aliada (maioria) que com mais algumas poucas conversas subiriam para nove e até mais (chegando assim ao 2/3). Deixaria a oposição falando sozinha, com somente quatro vereadores (um do PT (Zezinho Siqueira) dois do PR (Antônio da Silva e Rodrigo Luz de Moraes e um do PSB (Patrick Mattos de Oliveira). Fácil, fácil. Mas o mundo girou, o cavalo passou encilhado e a história tomou rumo diferente.

O ovo da serpente
Analistas políticos lagunenses afirmam – e este pobre escriba está incluído na opinião e já escrevi sobre isso na época - que Everaldo dos Santos cometeu um erro de estratégia política primário e que iria custar muito caro politicamente no futuro. O prefeito eleito, no final de outubro e começo do mês de novembro, saiu a dizer em conversas e em entrevistas nas rádios que seu preferido à presidência da Câmara era o vereador Dudu Carneiro(PP).
Não sei quem Everaldo dos Santos ouviu, se decisão própria ou se foi mal aconselhado por alguém, mas foi uma decisão precipitada e errônea, não tenham dúvidas.

Os vereadores mais votados - e nem poderia ser diferente - se sentiram preteridos pela escolha, afinal nem foram ouvidos e consultados, numa falta de consideração, me confidenciou um deles. As negociações não evoluiam na composição à Mesa Diretora e a eleição seria no primeiro dia do ano.
É quando surge um fechado grupo dos sete (que inclusive incluia o vereador Valdomiro Macho, do PMDB, partido do prefeito, e Vilson Elias Vieira (PSDB), também da base aliada.
Entrevistas do grupo dos sete em rádios e fotos para publicidade em jornais e out-doors com mensagens de Natal se tornaram comuns.

Barba, cabelo e bigode
Veio a eleição e o grupo fez barba, cabelo e bigode na composição da Mesa Diretora. Presidência, vice-presidência, 1º e 2º secretários.
Começou o ano legislativo de 2013 e o grupo dos sete permanecia coeso. Surgem os primeiros atritos, inclusive com a criação de uma comissão de inquérito para análise de verbas depositadas para o novo município de Pescaria Brava, lembram? Não deu em nada, nem poderia dar porque ao que se sabe não haveria nenhuma irregularidade. Mas era uma pequena amostra do que vinha pela frente.
Em seguida, e antes do carnaval, projeto do Refis foi enviado aos vereadores para aprovação e recebeu emenda do vereador Zezinho Siqueira (PT) limitando em R$ 50 mil pessoa física e R$ 100 mil (depois ampliado para R$ 150 mil) para pessoa jurídica. Impasse, retirada do projeto em primeira votação. Prefeito ficou uma arara.

Começam os descontentamentos
Tomam posse os novos secretários do município, muitos deles ótimos profissionais, ligados as suas áreas e com vontade enorme de trabalhar por Laguna. Para surpresa geral, alguns nomes da administração anterior permanecem. Mas a máquina parece emperrada, não anda como deveria.
Alguns membros do PMBD lagunense – partido do prefeito – começam a ficar descontentes com algumas das nomeações, se achando preteridos nas escolhas e indicações.
A Administração toma conhecimento das dívidas herdadas. Passa dos R$ sete milhões, informa o prefeito. Há que se pagar rescissões, precatórios, dívidas do INSS, fornecedores, folha de pagamento... Secretaria de Obras é a mais sucateada. Faltam operários e máquinas, reclama o vereador eleito Orlando Rodrigues (PSD) que assumiu a titularidade. Em seu lugar na Câmara, Hirâ Floriano Ramos (PMDB).
Secretário Orlando Rodrigues, que com sua reduzida equipe, veículos e equipamentos fazia das tripas coração para dar conta do recado, pouco antes do carnaval, dá sua primeira entrevista ao jornal A Crítica, fala em nepotismo e ameaça pela primeira vez desembarcar. (Haverá uma segunda vez, como se verá adiante, mas os arroubos ficam somente na ameaça. Serão gestos visando valorizar seu passe? Mesmo com todas as dificuldades, numa das secretaria mais importantes, Orlando Rodrigues com sua competência e conhecimento da cidade dava conta do recado e vinha recebendo elogios.

Mesmo com alegada falta de dinheiro, realiza-se o carnaval
Para alguns analistas políticos, com todas as dificuldade iniciais de um governo e da falta de dinheiro, a realização do carnaval de praia e suas profundas alterações, não deveriam ter sido efetuadas.
Afinal as Escolas de Samba tinham verbas asseguradas pelo governo do estado, não representavam problema.
Quanto aos blocos, que realizassem o que já vinham tradicionalmente fazendo no Balneário Mar Grosso, cobrando abadás, alugando locais e bandas, tendo patrocínios e realizando suas promoções. A prefeitura entraria somente com a logística e a segurança por parte da Guarda Municipal, Polícias Civil e Militar. Nada de alterações em trajetos e locais este ano, que ficassem para 2014, para ser pensadas e executadas com mais tranquilidade. E com dinheiro sobrando em caixa.

Mas havia a vontade de “vender” o carnaval lagunense para grandes empresas - e aproveitar a ausência de carnaval em vários municípios vizinhos, inclusive em Florianópolis - e bem por isso realizou-se a mudança que alterou profundamente o dito carnaval de praia. Gastos passam de hum milhão de reais, via Fundação Lagunense de Cultura. Prestação de Contas já se encontra para apreciação dos vereadores.
Como toda mudança, houve aprovação de uns e desaprovação de outros. Foram alterações no carnaval de praia que ainda rendem e vão render, com propostas inclusive de mudanças no trajeto e concentração do tradicional  Bloco da Pracinha, no Magalhães.
Pelas redes sociais, esta semana, o primeiro a gritar foi o professor e colunista José Alves Fernandes, o Mala. E muita gente lhe fez coro, inclusive o ex-prefeito Adílcio Cadorin que escreveu:
 Amigo Mala, estou solidário contigo e com todos os que se sentem frustrados com esta possibilidade. No entanto, gostaria de saber a origem desta notícia, pois se verdadeira colocar-me-ei na vanguarda desta luta, ao teu lado. Portanto, necessito saber se esta notícia é oficial da Municipalidade. Já indaguei à Ivete e ela me respondeu que não tem conhecimento de nada, até porque não está sendo informada da maioria dos atos de gestão da atual administração. O evento deve ser mantido e neste sentido, conte comigo. Vou fundo contigo!”
Repito trecho e o sublinho: Até porque não está sendo informada da maioria dos atos de gestão da atual administração”? Como assim? Afinal o que estará acontecendo entre o prefeito e sua vice?

Presidência da Amurel
Em março, Laguna continua com a presidência da Amurel, através da eleição do prefeito lagunense Everaldo.
 
Embarques e desembarques
As nomeações para cargos na prefeitura continuam acontecendo, algumas delas surpreendendo, porque contemplam pessoas que trabalharam abertamente contra a candidatura de Everaldo/Ivete. Prefeito diz que não faz política com o fígado, mas nas internas há muito descontentamento, simplesmente porque votou-se por mudanças, inclusive de algumas figurinhas carimbadas que sempre retornam.  Contemplar adversários políticos é arranjar problemas em dobro. Maioria dos cargos é preenchida, alguns sem maiores conhecimentos das áreas em que irão atuar. Folha começa a ficar inchada. Preocupação com a Lei de Responsabilidade Fiscal.

Na primeira quinzena do mês de março desembarca do governo o secretário de Desenvolvimento Social; e GML e Trânsito, Rui Vladimir Soares de Souza. Em comunicado publicado no Blog Critica Laguna, do Fabrício Vieira, com o título “Não fui competente”, ele afirma (...) peço-lhes desculpas por eu ter me mostrado um incompetente em lidar com as injunções políticas que são próprias nos serviços públicos, mormente no Executivo, mas tenham certeza de que sairei com o meu norte de vida inabalado e com a crença de que Laguna tem tudo para dar certo”.
Poucas semanas depois, na coluna de Salmon Flores, Rui Vladimir diz: “Testemunhei “coisas” que gostaria de não ter tomado conhecimento o que contribuiu, de certa forma, para minha saída, a pedido”. Não entrou em maiores detalhes. Proibição de jet sky no canal dos Molhes cria polêmica e vai ter desdobramentos. Secretaria está sem titular até hoje.

Há mudanças de titularidade na Fundação Lagunense de Cultura. Entra o arquiteto Leonardo Pascoal e sai Antônio Cláudio Ramos Quirino que assume assessoria na secretaria de Turismo. Desembarca o responsável pelas licitações, secretário-adjunto da Administração e Serviços Públicos Valdomiro Souza, que assume a secretaria de Administração em Pescaria Brava, profissional dos mais competentes. Antônio Joaquim de Castro Faria, o Tuba, deixa o governo por ter mais de 70 anos. Ambos do PSDB.

Os pombos chegaram, sujaram, ficaram e expulsaram
No início de abril, no primeiro dia, o prédio do Centro Administrativo é interditado pela Vigilância Sanitária. Vazamentos oriundos da laje da edificação, cuja água estagnada entrou em contato com fezes de aves, tipo pombos, gerando grande risco à saúde pública. A contaminação é ocasionada pelo fungo cryptococcus neoformans, onde a transmissão se dá por meio de inalação”, diz comunicado distribuído à imprensa.
Começa a segunda revoada, desta vez dos órgãos municipais que vão sendo locados em diversos imóveis no centro da cidade. Por dias, semanas até, com reflexos até hoje, há certa interrupção das atividades da administração municipal.

Reforma administrativa
Nas entrevistas, prefeito Everaldo e seu irmão Antônio dos Santos, presidente local do PMDB e secretário da Fazenda (sua portaria já foi assinada e publicada?) começam a falar em reforma administrativa para breve. Projeto estaria sendo elaborado num escritório da Capital, até onde sei. Junção, diminuição de secretarias e criação de uma Fundação de Esportes, em pauta. Promessa de campanha foi redução de treze para sete secretarias, lembram?

Secretário de Obras novamente pede a saída – a volta dos que não foram
No início do mês de maio, secretário de Obras Orlando Rodrigues novamente anuncia em entrevista ao Jornal A Crítica que vai desembarcar da administração.
Já tinha inclusive assinado seu pedido de desligamento, só faltava o prefeito Everaldo assinar a portaria de exoneração.
O que teria acontecido, muitos se perguntavam. Estaria Orlando jogando para a torcida? Valorizando novamente seu passe? Ou ficou chateado porque o filho do vereador Wilsinho (Ângelo Elias Vieira) assumiu como adjunto da secretaria de Pesca, Desenvolvimento Rural e Aquicultura, no lugar de Elias Vieira, do seu partido?
Ou indisposição com posições tomadas pela Procuradoria Geral do município?
Era a segunda vez em cinco meses que o secretário Orlando avisava que iria abandonar o barco. A primeira foi pouco antes do carnaval, quando falou em sair, criticando o nepotismo, etc.
Entre outras coisas, nesta segunda vez, Orlando Rodrigues disse:
Sobre seu pedido de saída:
“Não me restou outra alternativa. Verdade, no dia 25 eu teria pedido minha saída com reflexo a partir do dia 30 e até o dia de hoje não houve nenhuma ligação ou manifestação por parte do chefe do executivo, na verdade me ignorando”.

Sobre a falta na administração de competência e coragem:
“É verdade, em alguns setores e principalmente na área jurídica, onde os processos de licitação ficaram amarrados e sem expectativas de encaminhamento. Aí acho que faltou iniciativa e comunicação, ou coragem para fazer a coisa andar”.

Sobre a exigência para que todos os celulares dos secretários permanecessem ligados:
“Na verdade os secretários estão sempre ligados. As dificuldades é justamente o celular do prefeito, e isso não ocorre só comigo, mas também com os outros”.

Sobre se ele poderia reaver sua decisão:
“É quase improvável, eu acho que minha saída vai dar uma nova dimensão ao setor administrativo fazendo uma reflexão do que anda parado e as reclamações de outros secretários e com isso possa deslanchar, pois é nosso sonho, o sonho de todos ver a cidade diferente”.

Já na coluna de Salmon Flores foi reproduzida frase do Orlando em seu facebook, onde disse: “Tem algo muito estranho que está acontecendo e eu não consigo visualizar”.
Quem sabe, secretário, usando óculos com lentes de maior grau?
Mas Orlando mais uma vez não saiu. Continuou secretário. O que teria feito o secretário voltar atrás em sua decisão? Promessas de melhores condições para trabalhar? Um tempo até a reforma administrativa? Não sabemos.
Bem verdade que sua saída provocaria alterações na composição da Câmara para onde retornaria como vereador eleito. Para isso o vereador Irã Ramos teria que retornar a sua condição de suplente, ou outro vereador da coligação, como Waldomiro (Macho), por exemplo, assumir uma secretaria na prefeitura, a de governo.

Projetos polêmicos
Refis
Projeto do Refis é aprovado por unaniminidade pelos vereadores, sem a famosa emenda limitando valores. Um sinal de que o cachimbo da paz começava a ser fumado.

Alterações no zoneamento e uso do solo
Dá entrada, de autoria dos vereadores Valdomiro Barbosa de Andrade (PMDB) e Patrick Mattos de Oliveira (PSB), projetos de lei 059 e 060/2013 que altera redações dos arts. 1º 2 2º da Lei nº 1.221/07; e o zoneamento para uso do solo no Balneário Mar Grosso. São aprovados em primeira votação por 9 X 4. Em segunda votação por 9 X 3. Ministério Público entra no circuito, ouvidos antes os representantes da Associação dos Moradores; e Associação dos Amigos do Mar Grosso, e instaura inquérito civil.
A promotora Dra. Fernanda Broering Dutra disse em sua correspondência à Câmara: É evidente a ilegalidade das normas municipais, passíveis de serem alvo de ação direta de inconstitucionalidade ou ação civil pública. Recomendo ao poder legislativo requisite acerca do trâmite cronológico do projeto de lei que trata do Plano Diretor, a fim de explicar as razões pelas quais o mencionado diploma legal tardou a ser elaborado, o que contraria o Estatuto das Cidades e pode caracterizar improbidade administrativa. Os alcaides deverão esclarecer a comprovar se houve efetiva participação popular na formulação dos projetos”.
Projetos são vetados pelo prefeito Everaldo dos Santos. Câmara não derruba vetos.
Finalmente e rapidinho, Projeto de lei que trata do novo Plano Diretor é lido na Câmara.

Projeto sobre prática de esportes náuticos
Outro projeto de Lei, o de nº 0074/13, de autoria do vereador Rodrigo de Moraes (PR) é lido em plenário. “Dispõe sobre a prática de esportes náuticos e terrestres na orla marítima e dá outras providencias”.
Novamente vem à tona a utilização do Jet sky no canal dos Molhes. Há manifestações da população em plenário. Polêmica.
Prefeitura divulga que "Parecer técnico elaborado pelo assessor de projetos da Fundação Lagunense do Meio Ambiente – Flama, Patrick Souza, com apoio de professores doutores especializados neste animal e estudos de pesquisadores internacionais, comprova o impacto negativo dos jet skis sobre a vida e sobrevivência dos botos".

E continua a nota: "Uma pesquisa feita pelo professor de engenharia de pesca da Udesc e doutor em ciências biológicas, Fábio Daura, em conjunto com outros pesquisadores, revela um dado alarmante sobre a extinção destes botos: “Devido ao pequeno tamanho populacional e seu aparente grau de isolamento, os botos tem alta probabilidade de extinção (acima de 90%) num intervalo de cem anos”.
O relatório finaliza “evidenciando a incompatibilidade da prática de manobras de Jet skis nas áreas de alta densidade dos botos, considerando a pequena população de botos residentes na área, sua concentração no canal de ligação das lagoas com o mar, o valor da ‘pesca com auxílio dos botos’ e a constante presença de filhotes na área, o que indica ser este um importante local para reprodução da espécie”.

Lei municipal que restringe o uso de Jet skis:
Release divulgado pela secretaria de Comunicação Social da prefeitura, esclarece:
“De acordo com a lei municipal n° 817 de 12 de dezembro de 2001, na área compreendida entre a boca da barra e o atracadouro do sistema de balsas de travessia na lagoa Santo Antônio dos Anjos, é proibido o uso de Jet ski para práticas de atividades aquáticas esportivas ou recreativas.
Porém, de acordo com a Procuradoria do Município, a lei deixa uma “lacuna” no que se refere ao uso do canal somente como travessia, sendo que: “a lei proíbe somente manobras”, explica o procurador geral, Victor Baião.
A lei federal n°9.537 de 11 de dezembro de 1997 que dispõe sobre a segurança do tráfego aquaviário em águas nacionais, regulamentado pelo Decreto n°2.596 de 18 maio de 1998, define as áreas destinadas para navegação, como o canal dos Molhes, e o respeito pelos limites impostos para a navegação.
Conforme a procuradoria, a lei municipal não pode ser contrária à lei federal. Conclui-se então que o canal de navegação pode ser usado por embarcações apenas para realização de travessias, desde que de forma segura e respeitando os limites impostos pela autoridade marítima".

E continua o release da PML:
"Solução:
O parecer técnico da Flama aponta para uma solução, que seria a construção de uma "rampa pública" para embarque e desembarque de embarcações esportivas em um local que seja fora dos limites do canal de navegação e/ou nos pontos onde aconteça a pesca com auxílio dos botos, sendo o canal usado somente como área de passagem, além da prática de Jet ski ser evitada num raio mínimo de 300 metros de distância dos botos.
Além disso, há uma sugestão quanto ao zoneamento completo da área, com câmeras de segurança em pontos estratégicos, sob responsabilidade da guarda municipal, instalação de placas informativas e um método de identificação nos veículos náuticos de uso obrigatório".

Até onde sei, uma rampa será construída à beira do cais, ali defronte ao Memorial Tordesilhas.

Diversas nomeações a cargos na prefeitura são publicadas no Diário Oficial do município de 30 de abril. Dentre as nomeações, familiares de vereadores, esposas, filhas e filho.
Enfim, mas não o fim
O assunto do último fim de semana são as mudanças que estão por acontecer, numa reforma administrativa para breve. Novos nomes começam a ser citados nas rodas políticas. Antônio dos Santos, irmão do prefeito em entrevista a uma rádio, disse que “vai surgir um novo modelo de gestão que vai deixar a máquina mais ágil. A máquina está um tanto pesada”, sublinhou o secretário.
Os gordinhos que se cuidem, quando falam em enxugar a máquina sempre sobra para as gordurinhas em excesso, principalmente as localizadas.

Enfim, são esses alguns dos acontecimentos políticos nessa análise pessoal que faço. Análises de trabalhos, obras e inaugurações ficam para outra oportunidade.
Há mais, muito mais, principalmente outros fatos, fotos e conversas de bastidores, mas fico por aqui nessa retrospectiva que já se alongou em demasia e onde procurei ser o mais isento possível.