sábado, 30 de março de 2013

A verdadeira Páscoa

Páscoa significa bem mais do que esse consumo desenfreado de chocolate. Muitas pessoas perderam a noção do significado da data e vão às compras da guloseima como se o mundo fosse acabar. O que é aquilo meu Deus? Filas e filas em supermercados, carrinhos e cestas abarrotados de ovos, caixas e barras de chocolate, como se fossem “de grátis”. Em até cinco vezes para pagar. Pela quantidade comprada há quem vá se empanturrar de cacau até o Natal. O coelho virando o único símbolo da comemoração, ditado pelas leis do mercado.

Páscoa é renovação, é ressurreição no caminhar e viver, libertação para uma nova vida longe de terrores e opressões. Pensemos nisso.
Feliz e verdadeira Páscoa aos leitores deste blog.

sexta-feira, 22 de março de 2013

Novamente o sol aparece depois de vários dias com chuva. Fiquem o fim de semana com um belo por-de-sol em nossa Lagoa Santo Antônio dos Anjos.

quarta-feira, 20 de março de 2013

Palestras - Atanázio Lameira

Bunda de fora

“A coluna é uma das partes mais importantes do corpo humano. Mantém a gente em pé, segura a cabeça erguida. Como a natureza é sábia, ela fez a coluna com algum movimento. Pode (e deve) curvar-se um pouco, sem qualquer problema.
Esse movimento natural da coluna se chama jogo de cintura. Se a coluna ficasse completamente rígida, sem qualquer movimento, poderia quebrar facilmente, como um galho seco.
Mas também não devemos ter a coluna muito mole, que dobre com qualquer ventinho. É perigoso curvar demais a coluna, porque a bunda fica muito exposta e a cabeça encosta na lama”.

(De César Valente, em seu Blog).

terça-feira, 19 de março de 2013

Placas com expediente são afixadas nos Museus

Lembra quando abordei aqui, no começo deste mês, sobre a ausência de placas no Museu Anita Garibaldi e Casa de Anita, contendo o expediente?
Pois esta semana a Fundação Lagunense de Cultura afixou as placas com horários e dias de abertura, além de conter os valores de ingresso e ícones e imagens com certas proibições.
É isso aí, basta boa vontade para resolver pequenos problemas e deficiências. E fico feliz que alguém “lá em cima” lê o humilde Blog aqui, compreende seus objetivos e trata logo de aceitar e resolver o que é apontado.
Fica o registro.

segunda-feira, 18 de março de 2013

Os Baeta são fogo - Parabéns Willian Reis

Pois na última quinta-feira, formou-se em Jornalismo pela UFSC, o jovem Willian Reis, o filho da Juçara e do Tirra, não tem?
Rapaz esforçado, inteligente e perseverante taí.
Willian há meses vinha trabalhando seu TCC cujo tema era a Escola de Samba Brinca Quem Pode, fundada por seu avô, em 1947.
Pois na noite da semana passada, no auditório da Reitoria, tendo toda a família e amigos por testemunhas, recebeu da banca de professores pelo trabalho apresentado, nota 10, “COM LOUVOR”, conforme nos informa seu tio coruja, o André Reis, em seu Blog.
Os Baeta sempre se destacaram na sociedade pelas suas inteligências, veio musical, esforços, força de vontade e união familiar.
E Willian é mais um a ratificar o que já é sobejamente conhecido.
Parabéns Willian, que venha à luz esse trabalho para que possamos apreciá-lo e inseri-lo no rol das obras sobre nossa cidade.

Nota de falecimento+

Faleceu na última quinta-feira, em Tubarão, Agenor José da Cruz, aos 82 anos. “Seu” Agenor era progenitor da nossa colega de imprensa, Gladys Helena, do Jornal A Crítica.
A família convida para a Celebração da Missa de 7º dia, nesta quarta-feira, 20, às 19h30m, na Igreja Matriz São José Operário de Oficinas.
Nossos sentimentos aos amigos e familiares, em especial ao Salmon e a Gladys que escreveu em sua página - e faço minhas as suas palavras -: “Aqueles que amamos nunca morrem, apenas partem antes de nós”.

sexta-feira, 15 de março de 2013

Ruídos de comunicação

Mudanças e/ou desembarques na Administração de Everaldo dos Santos

Algumas alterações (e/ou desembarques) começaram a acontecer no colegiado do governo de Everaldo dos Santos. E nem chegamos aos 90 dias de administração.
Infelizmente, ficamos sabendo delas pelas internas, em conversas pelas esquinas ou através de funcionários da prefeitura.

No site da prefeitura ou em releases enviados à imprensa, nada é informado sobre essas mudanças. Aliás, o site da prefeitura está bastante incompleto quanto a isso e também desatualizado.
Por exemplo: por ele não sabemos quem responde pela titularidade da secretaria de Governo e pela presidência da Fundação Irmã Vera.

Indaguei há algumas semanas da secretaria de Comunicação Social da prefeitura, porque a população (através da imprensa e rádios) não é informada oficialmente. Me responderam que não há necessidade já que essas alterações são internas. 
Como assim?  A população não merece saber das mudanças?
Quando o secretariado foi montado, listas com nomes e os respectivos cargos foram enviadas aos órgãos de imprensa e amplamente divulgadas. Quando se alteram esses nomes e cargos não precisamos saber?
Por exemplo: O engenheiro Antônio dos Santos assumiu ou não, oficialmente, a secretaria da Fazenda? Num release da semana passada ele consta como secretário de finanças (quando deveria, pelo organograma, ser denominado da “Fazenda” e ainda consta no site Luiz Paulo de Resende como designado). Ainda não foi assinada a portaria?

Há algumas semanas, o presidente da Fundação Lagunense de Cultura, turismólogo Antônio Cláudio Ramos Quirino desembarcou do cargo, ao que me parece vai ficar atuando junto ao secretário de Turismo. Em seu lugar assumiu o arquiteto Leonardo Pascoal que era (ainda é?) o adjunto da secretaria do Planejamento. Acumulou as funções ou não?
Soubemos da mudança pela voz das ruas.

Já esta semana desembarcou da titularidade – em caráter irrevogável - da secretaria de Desenvolvimento Econômico Social, e GML e Trânsito, Ruy Vladimir Soares de Souza, alegando foro íntimo.
Em carta publicada na internet, no Blog Critica Laguna, com o título “NÃO FUI COMPETENTE, Ruy Vladimir diz em certo trecho: “(...) peço-lhes desculpas por eu ter me mostrado um incompetente em lidar com as injunções políticas que são próprias nos serviços públicos, mormente no Executivo, mas tenham certeza de que sairei com o meu norte de vida inabalado e com a crença de que Laguna tem tudo para dar certo”.
O que terá efetivamente acontecido por saída tão repentina?
Mais uma vez soubemos da sua saída pela voz das ruas.

Quando a população começa a ficar sabendo de alterações, mudanças de titularidade pelo ouvi dizer, no extra-oficialmente ou no tal do alguém me disse, ocorre o que se chama em marketing de “ruídos de comunicação”, são falhas que trazem insegurança, intranquilidade  e sempre prejudicam e distorcem a mensagem, surgindo daí as mais estranhas e até inverossímeis histórias.

quinta-feira, 14 de março de 2013

Nota de falecimento+

Faleceu na manhã desta quarta-feira, quinta-feira, aos 88 anos, Marina Schmidt Michels, viúva de Rodolfo Michels, mãe de Dulce (falecida), Delcia, Antonio e Maria Gorete.
Dona Marina, que durante muitos anos esteve no comando do famoso cardápio do Restaurante Nice, deixa também netos e bisnetos.
O corpo está sendo velado na capela mortuária (Central de Luto Cristo Rei) junto ao pátio do Colégio CEAL.
O sepultamento será amanhã (15/03) às 10h no cemitério do Morro da Glória.
Sentimentos aos familiares e amigos.

sábado, 9 de março de 2013

Há que se também fazer o trivial, o arroz com feijão, o chamado bê-a-bá

Na política e em toda administração, seja pública ou particular, lições são ministradas diariamente. Devemos aprender com elas e não cair nas tentações e em velhos erros do passado, alguns até grosseiros.
Pena que muitos não costumam fazer o dever de casa.

O governo anterior da Laguna preocupou-se muito em elaborar projetos e a buscar vultosas verbas para executá-los. Pois bem. Algumas dessas obras foram intermináveis, de recuperações de velhos casarios. E outras de duvidoso aproveitamento, como o chamado restaurante-escola, ou escola-restaurante, sei lá, o que dá no mesmo porque até hoje não funcionou.

As queixas sobre os problemas da cidade se avolumavam, o descontentamento era geral e bastava ter olhos para ver e ouvidos para ouvir a voz rouca das ruas para se perceber a triste realidade, principalmente nos últimos quatros anos.
Pouco adianta falsos elogios vindos de radialistas e jornalistas baba-ovos (incluídos, inclusive, em folhas de pagamento) quando esses louvores não condizem com a realidade. Ninguém engana mais ninguém.

O prefeito anterior quando inquirido em entrevistas em rádios e jornais sobre as dificuldades do dia a dia da sociedade lagunense, alegava sempre que eram pontuais e do alto de sua conhecida soberba e alegada formação e conhecimento político, não resolvia esses problemas que angustiavam o dia a dia dos munícipes. Seus olhos e vontade estavam além, certamente num outro horizonte inatingível a nós mortais.

Os problemas eram muitos, repito, e as reclamações também e de pontual em pontual foram se avolumando. Sem ouvir ninguém, nem alguns assessores, achando-se dono da verdade, bem por isso levou uma surra nas urnas, não elegendo sua sucessora.

Eis uma das lições que ficaram e que deveria ser bem aprendida por futuros gestores, inclusive o prefeito atual Everaldo dos Santos.
De nada adianta PACs, PECs e POCs, se problemas cotidianos da sociedade não forem resolvidos.

Porque o que atinge o sujeito e sua família, o que o irrita e mexe com sua dignidade e o frustra em suas esperanças de um futuro melhor, é o buraco e/ou mato em sua rua, a lâmpada de iluminação do poste queimada, a escassez de remédios e médicos nos postos de saúde, o teto da escola ameaçando despencar sobre a cabeça de seu filho, a falta de abrigo de passageiros, o transporte de passageiros precário, a cidade menosprezada e feia, praças e monumentos sujos e abandonados, etc.
.
A ausência de um tampão de bueiro, de uma lixeira, de uma faixa de segurança, faz mais estrago político que um adversário se queixando em bares, ou uma crítica em coluna de jornal.
Por exemplo. Ignorar requerimentos de vereadores, que são o espelho e o canal de ressonância da sociedade, não atendê-los rapidamente em suas queixas e buscas de soluções, é o caminho mais rápido e curto para o fracasso de um chefe de Executivo. É bem verdade que há que se dar um tempo, desconto e certa tolerância por dificuldades iniciais em uma administração. Mas não muito.

Podem-se organizar grandes festas carnavalescas, mostrar tomadas, interruptores e repúblicas, abusar de vultosos recursos para isso e para aquilo, mas se providências não atingirem diretamente os problemas de varejo da cidade, não buscar-se resolver dificuldades cotidianas do cidadão, o administrador está trilhando caminhos errados e já sobejamente conhecidos.

quinta-feira, 7 de março de 2013

Prelo de Jerônimo Francisco Coelho não está no Museu Anita Garibaldi

Apesar de release e do site da prefeitura informar que o prelo onde Jerônimo Coelho imprimiu o primeiro jornal do estado, O Catharinense, em 28 de julho de 1831, estar exposto no Museu Anita Garibaldi, a informação não é verdadeira, ele lá não se encontra.
Onde estará? Fomos achá-lo na Casa de Anita.

Explico. Por causa das chamadas (e demoradas) obras de revitalização e recuperação do Museu Anita Garibaldi, executadas na administração anterior, o prelo foi transferido provisoriamente para a Casa de Anita.
Só que em julho de 2012 o Museu Anita Garibaldi já foi reaberto ao público, mas o prelo não retornou à origem.
Fundação Lagunense de Cultura deveria providenciar seu regresso.

O prelo de Jerônimo Coelho
Quando nosso conterrâneo Jerônimo Coelho fundou o primeiro jornal catarinense, em Desterro, trouxe do Rio de Janeiro o maquinário necessário.
Informa o saudoso professor Ruben Ulysséa em crônica publicada no jornal Semanário de Notícias de 1978, que o primeiro jornal impresso na Laguna, O Município, em 1878, pelo professor Prezalindo Lery Santos, foi impresso nesse prelo.
O maquinário passou por várias mãos de proprietários até que, em 1902, foi adquirido por Saul Ulysséa para a impressão de “O Comércio”, jornal que ele fundou com seu irmão, dr. Ismael Ulysséa. Muitos anos mais tarde, Saul Ulysséa e Mário Mattos, co-proprietário, doariam o mesmo prelo à prefeitura da Laguna a fim de que fosse conservado como peça histórica e onde sempre ficou em exposição no Museu Anita Garibaldi.

quarta-feira, 6 de março de 2013

Alô, alô Celesc

Leitor envia  para o Blog.
Tinha um poste no meio do caminho. No meio do caminho tinha um poste.
Vejam o inusitado da cena. Nos fundos do Centro Administrativo (Prefeitura, SDR) na Travessa João Maria, um poste está instalado quase no meio da via.
Será alguma forma de baliza? Ou um teste de golpe de vista para incautos motoristas?

terça-feira, 5 de março de 2013

Entre alguns requerimentos apresentados pelos vereadores da Laguna, nas últimas sessões, destaco:

Vereador Rodrigo Luz de Moraes - PR – Solicitando do prefeito Everaldo dos Santos, a relação dos vinte maiores devedores do município da Laguna, contendo: nomes, origens da dívida, datas de constituição e valores lançados e atualizados.
Diz o vereador que as informações são necessárias para justificar os termos do Projeto de Lei que trata do Refis, que tramita na Câmara.

Vereador Andrey Pestana de Farias - PSD – O vereador está solicitando aos chefes do Executivo e Legislativo lagunense para que sejam tomadas providências quanto ao cumprimento da chamada Lei de Transparência, que determina que os poderes coloquem em seus “sites” informações funcionais dos seus servidores e as respectivas remunerações.
“O presente requerimento, diz o vereador, se dá em razão da existência de Lei Municipal nº 1522/2012, que determina que o Poder Legislativo e o Executivo divulguem em seus sites as informações funcionais de seus servidores e os seus vencimentos, no entanto, transcorrido o prazo fixado na Lei, não foram ultimadas providências neste sentindo”.

Vereador José Luiz Siqueira - PT - O vereador solicita ao prefeito Everaldo dos Santos, verificar a possibilidade de instalação da cobertura do ponto de taxi localizado na rodoviária.
A iniciativa decorre do recebimento de inúmeros pedidos dos taxistas e dos passageiros deste serviço, uma vez que, em dias de chuva, a prestação do serviço ora mencionado fica consideravelmente prejudicado.
Salienta, que sempre existiu um abrigo naquele local, mas, com tempo houve a deterioração do mesmo. Desta forma, nada mais justo, o atendimento da presente proposição”.
###
Aqui faço uma pequena observação. O abrigo foi retirado há quase dois anos pelo prefeito anterior, do mesmo partido do vereador, não estava deteriorado e mesmo que estivesse nunca mais foi reposto.

Vereador Hirã Floriano Ramos – PMDB - solicita ao presidente da Câmara da Laguna, Roberto Carlos Alves, cópia dos contratos firmados, empenhos, ordem de pagamentos e notas fiscais dos serviços prestados por terceiros, materiais e equipamentos adquiridos durante o mês de janeiro 2013, deste Poder. Para fins de análise e conhecimento, juntamente com o balancete de janeiro já apresentado.
O vereador Hirã também quer saber, conjuntamente com o vereador Kleber Roberto Lopes da Rosa – PP -, quais vereadores da Casa e seus respectivos partidos possuem assessor nomeado, informando ainda, quais os motivos que impedem a contratação dos assessores dos demais Vereadores. Para fins de conhecimento e para instruir a tomada de providências cabíveis a espécie.
###
É que alguns vereadores não tiveram contratados assessores e há até vereador dividindo gabinetes.

Em campanha sempre se promete muito, depois de eleitos...

Por exemplo: enxugar a máquina, reduzir secretarias, e montar uma equipe técnica-política, isso tudo são promessas.
Passada as eleições, as promessas são esquecidas, porque é outra a realidade. Há que se absorver os correligionários, os apaziguados, os cabos eleitorais, os indicados por vereadores e pelos financiadores de campanha.
E com isso a máquina novamente incha e com muitos nomes assumindo cargos sem nenhum preparo, sem formação na área, sem conhecimento do métier.
Dá certo? Dificilmente. Tratar e enfrentar amadoristicamente problemas sérios e que se avolumam há anos numa cidade é o primeiro passo para o fracasso.

segunda-feira, 4 de março de 2013

Uma vergonha as calçadas na Laguna

Uma senhora caminhava pela rua Barão do Rio Branco, no centro histórico, na (des)calçada do prédio do Sine, quando desabou, pisando numa das crateras do local.
Ajudei-a levantar-se e felizmente não se machucou gravemente, somente escoriações.

Aliás, aquele prédio do Sine está um perigo. Telhas caindo, janelas despencando. Não seria o caso de interditá-lo?

Prefeitura deveria notificar proprietários para que façam ou consertem as calçadas defronte as suas propriedades e dar um prazo para as obras. Caso contrário, não haveria um meio da secretaria de 0bras realizá-las e depois lançar os valores dos serviços no carnê do IPTU?
A Casan também deveria trocar várias tampas das caixas, que se encontram quebradas e/ou inexistentes ou mal colocadas, balançando pra lá e prá cá, um perigo.

Canso de dizer aqui nesta página que há muito que fazer, pequenas obras, rápidas providências a serem tomadas e que logo mostram resultados. Basta boa vontade.

As irmãs Baião


Eternas professoras do então Grupo Escolar Jerônimo Coelho, as irmãs Liane Baião Bento, Laila Baião Pereira e Miriam Baião Fonseca, sempre são lembradas por seus inúmeros alunos. Exemplos de união familiar, elegância e educação.

Fim de semana


Fim de semana, encontro na Ponta da Barra, no Geraldo Restaurante, as presenças simpáticas dos casais lagunenses Sandra de Brum Nunes e Francisco Zanella Nunes; Maria da Graça Silva Prudêncio e Alberto Prudêncio. Sempre uma boa conversa, inteligentes e educados que são. Trazem de berço.
Julita fez questão de posar entre eles, amigos de longa data.

Urgente

Já passou da hora - até porque o carnaval já se foi - da Fundação Lagunense de Cultura afixar placas com horários de expediente no Museu Anita Garibaldi e na Casa de Anita. O que mais se vê são turistas indagando aos transeuntes pelos dias e aberturas dos dois museus. É feio.

sábado, 2 de março de 2013

Nota de falecimento+

Faleceu hoje pela manhã no Hospital Nossa Senhora da Conceição, em Tubarão. Hilário Bongiolo, aos 77 anos. Empresário, proprietário da Imobiliária que leva seu sobrenome, no Mar Grosso.

Corpo está sendo velado na capela funerária Santo Antônio dos Anjos (ex-cine Roma), e sepultamento ocorre neste domingo, às 9 horas.
Sentimentos aos familiares e amigos, em especial a nossa amiga, sua filha Raquel Bongiolo.

sexta-feira, 1 de março de 2013

Dívidas da gestão anterior ultrapassam R$ 7 milhões

Governo Municipal, através da procuradoria jurídica, informa oficialmente os valores das dívidas da administração direta e indireta que não foram quitadas na gestão anterior.
As dívidas em precatórios totalizam R$1.106.021, 14 (um milhão cento e seis mil e vinte e um reais).

Precatórios são dívidas judiciais, entre elas indenizações, causas trabalhistas, pagamentos de fornecedores. De acordo com a emenda constitucional nº62, o município é obrigado a destinar 1% da receita corrente líquida para pagamentos de precatórios.
O valor das rescisões dos servidores contratados, também no governo anterior, somam R$2.104.298,66 (um milhão quinhentos e dezenove mil quatrocentos e cinquenta e sete reais). Ao todo são valores referentes ao pagamento de 520 pessoas.

Quanto à administração indireta, que são os fundos e fundações, a dívida totaliza R$2.912.225,36.
Exatamente R$ 7.001.724,83 (sete milhões e um mil e setecentos e vinte e quatro reais) é a dívida total, referente aos pagamentos de fornecedores, rescisões, precatórios, fundos e fundações.
De acordo com prefeito, Everaldo dos Santos, as rescisões serão pagas conforme a disponibilidade de recursos. O pagamento será feito na ordem de meses a pagar, por exemplo, começando pelo mês de outubro, depois progressivamente.
O prefeito municipal salienta que é preciso entender a situação da atual gestão, que precisa honrar os compromissos atuais e os pagamentos de folha dos servidores que estão trabalhando. “a responsabilidade de quitar essas dívidas era do governo anterior, mesmo assim iremos pagar todas as dívidas”, conclui.

Mais:
A dívida total com fornecedores registrados e anulados chega ao valor de R$4.942.365,3 (quatro milhões novecentos e quarenta e dois mil trezentos e sessenta e cinco reais).
Os recursos disponíveis em caixa deixados pela gestão anterior totalizam R$3.359.951,56 (três milhões trezentos e cinquenta e nove mil novecentos e cinquenta e um reais). Essa verba é referente à receita do mês de dezembro, repasse do imposto sobre serviço – ISS da obra da ponte de Cabeçuda (dezembro) e recursos das casas populares (neste caso a gestão anterior investiu o dinheiro próprio na finalização da obra das casas e a caixa econômica está devolvendo este recurso).

A disponibilidade de recursos para pagar as dívidas da administração indireta não cobre nem metade das dívidas, são R$703.234,07 (setecentos e três mil e duzentos e trinta e quatro reais) para o valor de R$2.912.225,36 (Dois milhões novecentos e doze mil e duzentos e vinte e cinco reais). Diminuindo, a dívida continua em 2.208.991,29 (dois milhões duzentos e oito reais e novecentos e noventa e um).
Somando todas as dívidas do governo anterior, incluindo as rescisões, fornecedores e precatórios e descontando os recursos disponíveis em caixa chegou-se ao valor total da dívida: R$ 7.001.724,83 (sete milhões e um mil e setecentos e vinte e quatro reais).
Fonte: PML

Regina foi reeleita para direção do Hospital Senhor Bom Jesus dos Passos

Foi realizada ontem, dia 28, a votação da nova diretoria e conselho fiscal do Hospital Senhor Bom Jesus dos Passos. A atual diretora, Regina Ramos, mais uma vez recebeu a maioria dos votos e continua como diretora do hospital.

Regina agradeceu a colaboração dos moradores da cidade que apóiam o hospital com contribuições mensais e a equipe do conselho fiscal, que oferece ajuda profissional gratuitamente.
Aproveitou a oportunidade e agradeceu o empenho da Secretaria de Saúde em contribuir com o hospital.


Atualmente, o hospital está se habilitando para receber uma Unidade de Tratamento Intensivo – UTI. O espaço está pronto, aguardando a instalação do sistema central de ar condicionado e a contratação da equipe de profissionais que atuará na unidade. A nova diretoria:

Diretoria


- Regina Ramos dos Santos – Presidente

- Mário Manuel Portela Martins – Vice-Presidente
- Maurício de Paula Carneiro (membro nato representante da Irmandade Senhor Bom Jesus dos Passos) – 1º. Tesoureiro 
- Juaci Damião Alves – 2º. Tesoureiro
- Marleni Preuss Cardoso - 1ª. Secretária
- Gil Ungaretti Neto – 2º. Secretário

Conselho Fiscal
- Ivo Perin 
- Ageu Nunes de Andrade 
- Sílvio Barbosa de Castro 

Suplentes da Diretoria
- Porfírio Santos Gomes
- Ondina Silveira
- Peterson Crippa da Silva 
- Jorge Luiz de Oliveira 
- Cinthya Ferreira Correia Vieira 

Suplentes do Conselho Fiscal
- Pedro Paulo Nunes 
- Nilson Algarves 
- Cheyenne de Andrade Leandro 

Membros natos da Diretoria
- Everaldo dos Santos – Prefeito Municipal da Laguna
- Nazil Bento Júnior – Secretário da SDR/Laguna
- Roberto Carlos Alves – Presidente da Câmara de Vereadores 
- Valéria Olivier Alves – Presidente da Associação Comercial e Industrial da Laguna

Há diferenças

Manhã desta sexta-feira, radialista João Batista Cruz, em seu programa Rádio Revista, pela Rádio Difusora, ao entrevistar ao vivo o prefeito Everaldo dos Santos:
- Bom dia prefeito Célio Antônio. Ops. Desculpe, me enganei, mas também passei oito anos chamando o nome do prefeito anterior, que me acostumei.

(Será o subconsciente, alguma rescisão não paga, Batista?)

Logo depois começa a entrevistar o vereador Hirã Floriano Ramos. O vereador em suas primeiras considerações, propositalmente ou não, logo tasca:
- Bom dia radialista Batista Barreiros.
- Minha nossa, meu nome é Batista CRUZ! Mas não tem problema - apressa-se a dizer - se eu posso me enganar com o nome do prefeito, o vereador também pode se enganar com o nome do radialista.
***
Como diria um mocorongo da nossa região, uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa bem diferente.

Lagunense é vice-campeão mundial de bumerangue

O lagunense Robson de Oliveira é vice-campeão mundial de bumerangue. Título foi conquistado em Itu, São Paulo.
Matéria está no Diário Catarinense de hoje. Para ler basta clicar em: