sábado, 5 de janeiro de 2019

Engenheiro desabafa sobre os problemas do esgoto no Mar Grosso

O lagunense, engenheiro sanitarista André Labanowski é reconhecidamente um dos melhores profissionais em sua área de formação. Foi funcionário graduado da Casan em Florianópolis, onde se aposentou. Pelos seus vastos conhecimentos e experiência é constantemente contratado para elaboração de projetos sanitário-ambientais em empresas e prefeituras do Brasil.
Engenheiro André Labanowski.
É dele o projeto do emissário submarino (Bacia A) instalado na Praia do Mar Grosso, na Laguna, em 1988, no último ano da gestão do governo João Gualberto Pereira/Rogério Wendhausen. 
O engenheiro elaborou o projeto e gratuitamente o entregou ao município. 

Sobre o esgoto sanitário do Mar Grosso, que conhece em detalhes, o engenheiro explicou a este Blog como funciona todo o sistema atual. (ver post anterior).

Ele diz que um dos maiores problemas no sistema de esgoto daquele bairro, foi o aumento do gabarito e que alertou ao atual prefeito sobre isso no começo de 2017. 
Afirma -atenção- que a rede da avenida senador Galotti está no limite e que dentro de 1 ou 2 anos o esgoto transbordará por toda a avenida. 

Um documento listando 30 problemas no bairro será entregue ao Ministério Público de Santa Catarina na semana que vem, pela Associação dos Moradores do Mar Grosso, finalizou Labanowski.

O engenheiro Labanowski desabafa: "Culpo exclusivamente o prefeito".

“Nos últimos 40 anos foi a pior virada de ano na Laguna do ponto de vista sanitário e ambiental.
O projeto da Bacia A, de 1988, de minha autoria, previa o máximo de 4 andares e a prefeitura foi aumentando para 6, 8, 10, 12 e 15 andares.
Posso assegurar que toda a rede da avenida senador Galotti está no limite e daqui a 1 ou 2 anos extravasará em toda a avenida. Há necessidade de rede nova. Só a mudança do recalque para a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) não resolve.
Assim sendo, culpo exclusivamente o prefeito Mauro por não ter freado o gabarito do Plano Diretor, conforme minha recomendação no dia 2 de janeiro de 2017.
Outros 30 problemas na próxima semana serão encaminhados ao Ministério Público de Santa Catarina, pela Associação dos Moradores do Mar Grosso e divulgados em jornais, rádios e emissoras de televisão”.

8 comentários:

  1. Muito bem. Vamos se mexer. Tirar esse prefeito que decepcionou.
    Edison de Andrade

    ResponderExcluir
  2. Se o projeto é de 1988 já fazem 30 anos e sabemos que um sistema é concebido pra esse período alcance populacional. Dizer que o problema é devido somente ao aumento do gabarito não é correto, é também devido à falta de investimentos nas redes de coleta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só ver as mudanças do Plano Diretor em 2015. Que tipo de estudo foi realizado para justifca-la, quais as motivações da mudança e tu vai entender que não está tão errado assim, que sobra ganância, ambição e egoísmo e falta de cuidado e nenhum espírito público.

      Excluir
  3. É só uma questão de novos investimentos! Hoje, a quantidade de pessoas e prédios, não tem comparação com a época em que foi feito. Falta também, vontade política para isso.

    ResponderExcluir
  4. Pior prefeito de Laguna nos últimos anos. Conseguiu ser pior do que o Célio e Everaldo. Ele só pensa "naquilo".
    Geraldo de Jesus

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. A verdade é que a ganância é grande de construtoras. Conseguem aumentar gabarutos, fazem prédios sem recuo, não tem fiscalização, tanto é verdade que multaram agora um prédio com moradores e sem habite-se. Cadê a fiscalização? Cabeças deveriam rolar por isso mas estamos no Brasil. Tem vereador só pensando em alterar plano diretor, propondo alterações. E o povo vota ecreelege essa gente.
    Edison de Jesus

    ResponderExcluir
  7. E os vereadores onde andam? Pensando somente em seus interesses. Não tão preocupados com a nossa cidade. Tem vereador que faz jogo duplo, morde nas redes sociais e sopra nos bastidores. Tudo farinha... Culpado é o povo que se vende. Tão matando a galinha de ovos de ouro.
    Lourival de Abreu

    ResponderExcluir