quarta-feira, 24 de julho de 2019

Mês de Julho sem Semana Cultural. Mais uma vez

Pelo segundo ano consecutivo não será realizada agora em julho a tradicional Semana Cultural da Laguna.
Este ano, mais uma vez, conforme anunciado no site da prefeitura, a data mudou para agosto e setembro, de 26 a 1º. A programação ainda não foi divulgada.

Todos sabem. Desde 1981, quando foi criada, a Semana era realizada anualmente e tradicionalmente de 23 a 29 de julho.

Intenção era aproveitar as férias escolares e promover um turismo cultural em nossa cidade, num mês frio e sem maiores atrativos, com a ociosidade da rede hoteleira, de restaurantes e bares.
Durante a "Semana" eram promovidas (e divulgadas antecipadamente) inúmeras atrações: exposições, gincanas, culinária, desfiles, bandas, danças, corais, teatros, culminando com o aniversário da cidade no dia 29 de julho, com corte de bolo, etc. 

Semana Cultural atravessou várias gestões
A Semana Cultural é uma tradição que desde o ano passado está se perdendo em sua data e realização. Foi criada em 1981, pelo prefeito Mário José Remor, com ideias e concepção de José Paulo Arantes, Salun Nacif e Abelardo Calil Bulos.

A Semana Cultural realizada sempre em julho atravessou algumas gestões, como as dos prefeitos Mário José Remor (1977-1982), João Gualberto Pereira (1983-1988), Nelson Abrahão Netto (1989-1992), Jorge Zanini/ Nazil Bento Jr. (1993-1996), João Gualberto Pereira (1997-2000), Adílcio Cadorin (2001-2004, Célio Antônio (2005-2012) e Everaldo dos Santos (2013-2016).

Frio, falta de público e férias escolares seriam os motivos para a mudança, diz prefeito
O prefeito Mauro Candemil alega que a modificação da data deve-se ao frio, pouca participação da população e férias escolares.
Se frio fosse problema ninguém subia serra. O ex-prefeito Cadorin realizava a Tomada da Laguna com frio e chuva. E a cidade lotava; pouca participação da sociedade deve-se à falta de maior divulgação e/ou fraqueza dos atrativos; e as férias escolares é justamente um dos motivos para realizá-la em julho. 
Muitos estudantes saem da Laguna, diz o prefeito. E as centenas, milhares que entram? Ou podem entrar? Esta semana, por exemplo, são várias as caravanas (excursões) de estudantes que circulam pela nossa cidade. Não se deve olhar somente por um viés.

Quebrando paradigmas
Já o secretário de Turismo, Evandro Flora alega que a modificação da data visa quebrar “paradigmas”.
Fico imaginando alguém propor alterar a data da Semana Farroupilha realizada em setembro lá no Rio Grande do Sul. Duvido que se quebre àquela tradição. Pode-se alegar que paradigma for. Não muda e pronto! Isso se chama tradicionalismo.

A alteração da data de realização da Semana Cultural, penso que modifica sobremaneira os objetivos de sua criação. E não vai aqui nenhum conservadorismo em minha opinião. É uma constatação de mais uma tradição que estamos perdendo.

5 comentários:

  1. Devia ser lei. Não é? Assim acabava com essa mania de mudar as datas conforme a cabeça do prefeito da ocasião. Misturam Semana Cultural com aniversário de Anita. Uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa bem diferente, diz o manezinho.

    ResponderExcluir
  2. Bom dia!
    Fico triste ao tomar conhecimento dessas decisões,ou indecisões...Laguna é bela, cidade linda, que encanta a todos. Em sua comemoração de fundação, era pra ser organizado um desfile sócio cultural, divulgar nossas raízes, nossa comunidade açoriana,outros povos que depois vieram, nossa história, nosso folclore, nossos clubes, dá pra improvisar um carro e contar a história de Anita, com um casal de estudantes representando o casal. A figura de Domingos de Brito Peixoto, a retirada da Laguna, enfim, tanta coisa a se criar e se orgulhar...
    A história atrai, fascina, transforma pessoas. E cá pra nós, nossa história é única.
    Excelente dia!

    ResponderExcluir
  3. Edison de Andrade25 de julho de 2019 19:06

    Amadorismo, improvisação, última hora. Por exemplo: agora que limparam e deram um óleo no busto de Jeronimo Coelho e na Estátua de Domingos de Brito Peixoto. Agora que estão arrumando a Praça de Jeronimo Coelho. Amanhã é que irá para a Câmara de vereadores em sessão extraordinária projeto para homenagear amigos de Laguna, a ser distribuído na segunda-feira. Dois dias antes!!!!!!!
    E querem falar em cultura, em turismo??? Me poupem.

    ResponderExcluir
  4. Bom dia!
    Povo sem cultura é povo sem memória!
    Fatima Martins

    ResponderExcluir
  5. José de Abreu Lopes27 de julho de 2019 16:50

    Prefeito sem visão, não ouve, não aceita sugestões. Meio que dono da verdade. E ainda quer se reeleger? Que os eleitores deem o troco ano que vem.

    ResponderExcluir