sexta-feira, 30 de agosto de 2019

Casa de Anita foi reinaugurada

O centro de histórico recebeu mais um prédio revitalizado. Nesta sexta-feira (30), foi reinaugurado o Museu Casa de Anita, prédio de 1711. Obra do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), recursos provenientes do PAC das Cidades Históricas, no valor R$ R$ 482.812,44, do Governo Federal. 
Casa de Anita. Foto: PML/Divulgação
Solenidade contou com autoridades dos três poderes e também de órgãos federais, como o ministro da Cidadania, Osmar Gasparine; governador do Estado Carlos Moisés; presidente nacional do Iphan, Katia Bórgea, vereadores e secretários municipais.
Fotos: Elvis Palma
A presidente do Iphan, falou sobre a importância da revitalização da Casa.
"Anita é uma guerreira, uma mulher que é uma das heroínas da nação Brasileira e é importante que o Iphan, que é responsável pela memória desta nação, consiga fazer trabalhos como esse em prol da memória. É necessário que a geração presente e a geração futura saibam quem é Anita e o seu legado pelo nosso país."
Até domingo, dia 1º, a entrada será gratuita no museu Casa de Anita, a partir do dia 2, volta a ser cobrada a taxa de R$ 6,00.
No pátio do museu foi plantada uma rosa, denominada Anita. Contou com a participação de italianos: a prefeita da cidade de Verucchio, Stefania Sabba; o arqueólogo, historiador, escritor e diretor do Museu e Biblioteca Renzi, Andrea Antonioli; Giampaolo Grill, colaborador do museu e co-autor do projeto;  Enrico Signorelli, secretário nacional da Unione Nazionale Ufficiali e Alessia Semprini, relações públicas. 
É uma iniciativa do museu e Biblioteca Renzi, de San Giovanni in Galilea, é uma muda de rosa desenvolvido pelo ex-combatente Giulio Pantoli, de Ravena, que denominou Anita Garibaldi, doou ao Instituto Técnico Garibaldi-Da Vinci. 
Outras pequenas rosas estão sendo desenvolvidas pelo departamento de Agronomia da Unisul, através da muda trazida da Itália. As plantas serão distribuídas em todo o Estado durante as comemorações do bicentenário da lagunense celebrado em 2021.

Um comentário:

  1. E pra onde levaram os móveis, louças, cristais que existiam na Casa de Anita? Foram pro Museu Anita Garibaldi?

    ResponderExcluir