domingo, 31 de janeiro de 2016

Eis a foto da placa em bronze furtada da Casa de Anita:

Na madrugada de segunda pra terça-feira da semana passada a placa em bronze da parede frontal da Casa de Anita foi furtada.

                

Alguém a mando de algum colecionador? Ou um ato de vandalismo para reles comercialização em ferro-velho, para sustentar o vício na "pedra maldita do crack"?
A poucos metros dali, na esquina da rua, entre a Casa e o Clube Blondin, uma câmera de vigilância da Guarda Municipal está instalada. À exemplo da maioria dos equipamentos em postes em locais da cidade, também está queimada. Nada vigia, nada assusta, nada amedronta. Guarda municipal criada justamente para cuidar de nosso patrimônio histórico.

A tradicional placa em bronze da histórica Casa onde a heroína casou em primeiras núpcias, foi ali colocada em 17 de junho de 1978, quando da restauração da edificação pelo governo do estado, no governo de Antônio Carlos Konder Reis. Prefeito da Laguna à época, Mário José Remor. 

Eis mais uma placa furtada que se vai dos nossos monumentos. E são tantas sem as devidas reposições e que contam a história de nossos heróis, dos feitos do nosso povo. 

E se este furto seguir o exemplo de outros passados, deverá se repetir seguidamente e brevemente em outras placas e monumentos. 

Mais um crime contra o nosso patrimônio histórico. E ninguém, absolutamente ninguém diz nada. 


4 comentários:

  1. Mais um equipamento comprado para se jogar fora. Essas cameras funcionaram nos primeiros dias após a instalação e depois ficou um elefante branco pendurado aos postes. Carlos Araujo Horn

    ResponderExcluir
  2. Se for contar as placas sumidas VAI FALTAR espaço para comentário. Deviam fazer uma busca nos ferro-velhos, mas mesmo assim... Carlos Araujo Horn

    ResponderExcluir
  3. Caro amigo Valmir: Sua última postagem foi em 19 de março p.p.! Por que? Sou leitor assíduo do seu Blog e confesso que estou preocupado com o seu silêncio!!
    Grande abraço!
    Eduardo Guedes/Fpolis.

    ResponderExcluir